Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Chineses querem instalar fábrica de motociclos a motor Mocuba

O jovem empresário Manuel de Araújo, que outrora estava abraçado a política, agora mudou de face. Depois de centrar as suas atenções na actividade empresarial do ramo turístico no famoso completo turístico Zalala Beach Lodge and Safari (já na fase final), agora Manuel de Araújo, procura trazer investimentos para a província da Zambézia.

Agora, as atenções de Manuel de Araújo estão viradas para outras áreas. Desta vez, quer andar de mãos dadas com os chineses. Não na madeira, como os chineses são mais conhecidos, mas sim na instalação de fábrica.

Manuel de Araújo, sendo conhecedor nato da província central da Zambézia, quer “puxar” os chineses a instalarem uma fábrica de motociclos a motor na cidade satélite de Mocuba.

O assunto foi mastigado na última sessão do governo da Zambézia, realizada, semana passada, onde Araújo foi convidado a apresentar o assunto perante os membros do governo. A ideia é de capitalizar aquele distrito considerado satélite já que situa-se no corredor para o norte do país.

Entretanto, Manuel de Araújo, quando questionado sobre os possíveis prazos para a concretização desta iniciativa, foi cauteloso e disse apenas que são ideias e nada de real.

Porém, a fonte assegurou que nos próximos tempos, uma missão moçambicana, deslocar-se-à a China para junto das autoridades daquele pais amadurecerem a ideia e encontrarem meios de financiamentos.

A reacção do governo

Já o Governo da Zambézia, na pessoa do respectivo governador, Francisco Itai Meque, disse que a iniciativa do empresário Manuel de Araújo é de se louvar.

A ser concretizada, conforme fez saber Itai Meque, vai melhorar a vida das pessoas, já que segundo ele, este é o objectivo do governo.

Por outro lado, aquele governante encorajou outros empresários a seguirem esta iniciativa de procurar investimentos para a província da Zambézia.

A se concretizar esta ideia de montagem de uma fábrica de motociclos, será a primeira de género na província, já que Zambézia é uma das que mais bicicletas e motociclos a motor possui, sendo usados para vários fins um dos quais é o transporte de pessoas ou serviços de táxi.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!