Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Chineses investem na exploração de recursos minerais em Nampula

Investidores chineses da província de Hainan estão empenhados na exploração de recursos minerais, energéticos, área agrícola, turismo, construção civil entre outras na província nortenha de Nampula.

Nesta primeira fase, aqueles investidores escolheram a área de exploração mineira com destaque para Áreas Pesadas, no distrito de Angoche, localidade de Sangage, onde já estão a ser investidos pouco mais de 40 milhões de dólares norte-americanos para a exploração de Berilo, Iluminite e Zircao.

Segundo Yu Xun, presidente do Comité Provincial da Hainan da Conferencia Consultiva Política do povo da República Popular da China, estes investimentos estão ligados ao pedido que o primeiro Ministro de Moçambique terá feito ao governo daquele país Asiático.

“Nós estamos aqui para investir nas diferentes áreas estratégicas e especificas, e vamos drenar o nosso dinheiro para fazermos crescer as nossas economias e a do governo moçambicano e, queremos que a Província de Hainan seja, a longo e curto prazos, um investidor mais atractivo do governo de Nampula” disse Yu Xun.

Yun Xun disse que o projecto das áreas pesadas de Sangage terá a exploração no distrito de Angoche e o processamento será feito no distrito portuário de Nacala, o que irá permitir o rápido escoamento dos recursos explorados.

Falando num memorando de entendimento entre o governo da Província Hainan e de Nampula, Yun Xun, disse que a prioridade para os investidores chineses é a área de Geologia.

Aliás, quer que os investidores ou empresários moçambicanos escolham a província de Hainan como o ponto prioritário para fazerem negócios e investirem em diferentes áreas.

Yun Xun aproveitou a ocasião para divulgar as potencialidades da Província de Hainan onde de principio começou por dizer que há um crescimento do produto Interno Bruto num total de 25 biliões de dólares norte-americanos e anualmente há um crescimento de 4.200 dólares por ano e uma exportação de cinco milhões de toneladas de fruta para outras partes da China e alguns países da Ásia.

Falou ainda que aquela província tem vindo a crescer na área industrial tendo foco principal as indústrias de viaturas, papeis e outras tecnologias.

Entretanto, o governador de Nampula, Felismino Tocoli, falando na altura de assinatura do memorando de entendimento entre o presidente do comité provincial da Hainan, as potencialidades da província e investimento dos Chineses é o que poderá ajudar na construção de laços de amizade para um desenvolvimento entre ambas partes.

A província de Nampula tem potencialidades nas áreas de turismo, agricultura, Mineração, energia, área científica e educacional, dai que tudo está pronto para que os laços de amizade tenham como base a relação entre as duas províncias.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!