Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Chinês madeireiro à contas com a polícia

O facto aconteceu, último fim-de-semana, no distrito de Pebane, concretamente no Posto Administrativo de Mulela, cerca de oitenta quilómetros da vila sede do distrito.

O chinês, por sinal explorador florestal que se dá pelo nome de Rong Nunwhei, está, neste momento, nas celas da polícia da República de Moçambique (PRM), por ter sido acusado de violar três menores que variam entre os 11 aos 13 anos de idade naquele posto administrativo. E um dos petizes violados é de sexo masculino.

O porta-voz da PRM na Zambézia, Ernesto Serrote, contou que para o chinês alcançar os seus intentos, aliciou os petizes com valores monetários e dai as vítimas foram ao acampamento onde o referido cidadão de nacionalidade chinesa reside.

De acordo ainda com Serrote, os pais das vítimas é que denunciaram o caso quando as suas filhas chegaram a casa já com sinais de terem sido violadas.

Sem avançar mais dados, o porta-voz da PRM na Zambézia assegurou que o referido cidadão, caso se prove que foi autor deste crime de violação sexual, será responsabilizado pelos seus actos, dai que neste momento o expediente dele está a correr para que sejam apuradas as veracidades dos factos apresentados pelos pais, neste caso, ofendidos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!