Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

China vai doar 50 mil dólares ao parlamento moçambicano

A China, através do Comité Nacional da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês (CCPPC), vai oferecer ao parlamento moçambicano (AR) um donativo equivalente a 50 mil dólares norte-americanos.

Os detalhes sobre o material a ser adquirido com este montante serão acordados entre o CCPPC e a contraparte moçambicana, no âmbito da visita que o vicepresidente daquele organismo chinês, Li Zhaozhuo, efectua ao país desde Domingo último ate a próxima Quarta-feira.

O visitante vai ser recebido esta Terça-feira pelo Presidente moçambicano, Armando Guebuza, e pela Presidente da AR, Verónica Macamo, em encontros que visam, entre outras questões, aprofundar as relações de cooperação existentes entre os dois países.

Na mesma Terça-feira, a comitiva chinesa vai visitar o Centro de Transferências de Tecnologias Agrárias de Boane e a Barragem dos Pequenos Libombos, no Distrito de Boane, Província de Maputo, Sul de Moçambique.

Terça-feira, o vice-presidente do CCPPC visitou as instalações da AR e manteve encontros de trabalho com as chefias das Bancadas Parlamentares da Frelimo, Renamo e do Movimento Democrático de Moçambique (MDM).

Ainda terça-feira, a comitiva visitante manteve encontros de trabalho com os Ministros dos Negócios Estrangeiros e Cooperação e na Presidência para os Assuntos Parlamentares e Autárquicos, designadamente Oldemiro Baloi e Adelaide Amurane, respectivamente, segundo refere um comunicado de imprensa da AR, hoje recebido pela AIM.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!