Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

China ameaça punir com prisão quem espalhar boatos na Internet

A China divulgou, esta Segunda-feira (9), medidas duras para conter os rumores infundados pela Internet, o que inclui penas de até três anos de prisão.

A nova lei foi recebida com indignação por internautas chineses, que cada vez mais usam a rede para discutir política e criticar a censura estatal.

Segundo uma interpretação jurídica emitida pela Justiça e por promotores, os responsáveis pela difusão de falsos rumores na Internet poderão ser indiciados por difamação, caso o conteúdo falso seja acessado por mais de 5.000 usuários, ou republicado mais de 500 vezes.

“As pessoas já foram afectadas, e a reacção da sociedade tem sido forte, exigindo a uma só voz punições sérias de acordo com a lei para actividades criminais que usem a Internet para difundir rumores e difamar pessoas”, disse Sun Jungong, porta-voz do tribunal.

“Nenhum país consideraria caluniar outras pessoas como ‘liberdade de expressão'”, acrescentou Sun. O parecer cita especialmente casos de postagens que motivem protestos, inquietação étnica ou religiosa ou que provoque um “mau efeito internacional”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!