Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Chicago registra protestos contra indústria financeira

Centenas de manifestantes, incluindo professores e líderes religiosos, se reuniram esta segunda-feira no centro de Chicago para um protesto contra a desigualdade econômica, tendo em sua mira dois importantes eventos do setor financeiro. Parte da aglomeração ocorreu diante de uma reunião da Associação de Banqueiros Hipotecários da América, e outra parte foi em frente a um hotel de luxo onde ocorre uma conferência de agentes do mercado futuro de ações.

Os protestos foram inspirados pelo movimento Ocupe Wall Street, surgido no mês passado em Nova York, embora não haja uma vinculação oficial entre ambos. Os organizadores da coligação “Standup Chicago” (algo como “Levanta, Chicago”) disseram em seu site que esperavam a participação de milhares de pessoas em cinco passeatas destinadas a “retomar nossos empregos, nossas casas e nossas escolas.”

“Somos os 99 por cento”, gritavam centenas de manifestantes em frente à Bolsa e à sede regional do Fed (Banco Central). “Liquidem o Fed” e “Revoguem os cortes tributários de Bush”, diziam alguns cartazes. “Sinto cheiro de greve geral”, sugeria outro. “Realmente queremos salientar o papel que o setor financeiro tem desempenhado”, disse Adam Kader, da entidade trabalhista inter-religiosa “Arise Chicago” (“Acorda, Chicago”). “Eles estão aqui no nosso quintal, então é hora de passar um recado sobre com estamos realmente nos machucando.” Ele disse que as manifestações enfatizariam a questão dos despejos imobiliários, do desemprego e da falta de verbas municipais para serviços essenciais.

Outros grupos participantes incluem o Sindicato dos Professores de Chicago e a Coligação de Chicago para os Sem-Teto. “Tenho pilhas de dívidas”, queixava-se a universitária Wedad Yassin, participante do protesto, defendendo um sistema tributário mais justo, que “pare de destinar nossos impostos para a guerra” e invista em educação. Os organizadores disseram que as passeatas irão se encontrar em frente ao Instituto de Artes, onde a Associação da Indústria de Mercados Futuros realizaria uma recepção noturna.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!