Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Cheias estão iminentes no Vale do Zambéze

Cheias estão iminentes no Vale do Zambéze

Esta cada vez mais iminente o cenário de cheias nos vales do Rio Zambeze, na região central de Moçambique. Esta terça-feira, em comunidado recebido na nossa redação, a Hidroeléctrica de Cahora Bassa anunciou o aumento das descargas através das suas comportas para  6,400 metros cúbicos por segundo.

Segundo o comunicado da HCB, este aumento das descargas resulta do aumento das descargas da barragem de Kariba, situada na zona fronteiriça da Zâmbia e do Zimbabwe, um região onde que tem registado muita precipitação nos últimos dias.

Embora estas descargas no vale do Zambeze não signifiquem imediatamente o surgimento de cheias o Centro Nacional Operativo de Emergência (CENOE) do Instituto Nacional de Calamidades (INGC) alerta para o facto de neste momento descargas superiores a 5000 metros cúbicos aumentarem significativamente o risco de várias populações que habitam as zonas ribeirinhas do Zambéze.

Nos postos controle do rio, no baixo Zambéze, mais precisamente nas regiões de Mutarara em Tete, Caia e Marromeu em Sofala,  o nível do rio está a apenas 60 a 90 centímentros do alerta de cheias. Com as descargas da HCB, previstas para o dia 4 de Fevereiro, o rio Zambéze deverá certamente ultrapassar o nível de alerta de cheias.

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!