Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Chega de discursos porque gente está a morrer nos rios

Todos anos, a 22 de Março, o mundo celebra mais um dia reservado a água. Água, este bem precioso que cada vez mais vem escasseando por causa de vários factores.

E é assim em cada ano. O mundo pára e faz uma reflexão sobre como gerir este bem, que noutros casos traz conflitos entre homens e animais irracionais.

Diz-se que sem água não há vida. Verdade ou não, mas a água é um bem que não se pode gastar sem necessidade. Nos principais centros urbanos este precioso líquido até gera conflitos entre famílias e pode-se assistir casos tristes. Dai que na Zambézia, há um esforço no seio do governo para resolver este conflito.

Nesta parcela do país, a maioria das sedes distritais continuam reféns deste precioso líquido. A população das vilas sedes percorre vários quilómetros para encontrar pelomenos 20 litros de água. E estes 20 litros servem para tudo. Beber, tomar banho em alguns casos, enfim.

Se não toma banho nos 20 litros, então arrisca-se a ir ao rio e ai há consequências graves como aquelas que temos vindo a acompanhar.

Os frequentes ataques por crocodilos de gente que vai tomar banho, lavar roupa ou mesmo buscar água para suas necessidades caseiras.

Urge necessidade de resolver este problema, dai que um dia como hoje, 22 de Março, não bastam os discursos de que estamos a fazer isto mais aquilo, porque os que assim discursam, vão tomar banho e beber até água mineral, deixando aqueles que estiveram atentos aos discursos sem água.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!