Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Chefe da diplomacia japonesa demitiu-se por causa de 435 euros

O ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão apresentou, este domingo, a demissão depois de ter sido divulgado que recebeu um donativo ilegal de 435 euros.

Seiji Maehara, de 48 anos, que estava no cargo desde Setembro passado, recebeu um donativo de 435 euros de uma cidadã sul-coreana que vive em Quioto, a província pela qual foi eleito para o parlamento, revelaram os media japoneses.

A Lei de Controlo de Fundos Políticos do Japão considera ilegal donativos de pessoas ou empresas estrangeiras a políticos japoneses para evitar favorecimentos.

A demissão de Seiji Maehara é considerada um duro golpe no governo do primeiro-ministro Naoto Kan, cuja popularidade nas sondagens tem vindo a descer e se situa abaixo dos 20 por cento.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!