Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

CCM debate o papel da governação local

O Conselho Cristão de Moçambique (CCM), considera que a processo de boa governação no país ainda não atingiu os níveis desejáveis, pois ainda não está em consonância com o estabelecido na Lei dos municípios e na Constituição da República.

De acordo com Alcino Moiane, responsável pelo programa de Justiça Económica e Social no CCM, os instrumentos que regulam a governação local e a sua implementação “requerem a participação activa do cidadão no sentido de acompanhar a par e passo, o seu processo de planificação a nível local, com vista a estar à altura de monitorar a implementação desses planos em colaboração com os fóruns locais, conselhos consultivos locais para procurar melhores formas de corrigir os constrangimentos que podem advir da execução dos planos” o que não está a acontecer actualmente.

Para Moiane, o desafio de todos os cidadãos nacionais é de conhecer todos os instrumentos que regulam a governação local com vista a participar activamente no processo.

Segundo Moiane, a participação activa dos cidadãos requer “por um lado, um interesse, vontade, paixão e sobretudo um conhecimento sólido sobre os mecanismos a estes inerentes”.

No entanto, é preciso que haja, informação substancial, encontros permanentes entre a comunidade e os órgãos de governação para que se partilhem as experiências do quotidiano.

Foi neste sentido que, o CCM, “ sendo um dos actores nos processos de Governação local, organizou, ontem, um workshop, para analisar e partilhar conhecimentos sobre a “ Governação Local em Moçambique e seus desafios para uma Cidadania Activa” acrescentou Moiane.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!