Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Casos criminais aumentaram na província de Manica

Sem apresentar números, o porta-voz do Comando da PRM, em Manica, Belmiro Mutadiua, disse que de Janeiro deste ano ao Outubro último, os casos criminais estão a crescer bastante na província, onde tem a cidade de Chimoio a que está liderar.

Segundo Mutadiua, citado pelo jornal O Planalto, os casos criminais aumentaram em cerca de 64, em relação ao igual período do ano passado, sendo que depois da cidade capital da província de Manica, seguem as vilas de Manica e Gôndola, como as que mais registam casos de crime. De acordo com dados apurados ao nosso jornal, casos de roubos, furto qualificado e homicídio voluntario, figuram dos tipos de crimes que mais ocorrem na província.

O porta-voz do comando da PRM, na terra do planalto, destaca os bairros Cinco, Dezasseis de Junho, Sete de Abril e Vinte e Cinco de Junho, como sendo os que mais são visitados pelos amigos do alheio. Em conexão com estes casos, mais de duzentos indivíduos estão a ver sol aos quadradinhos na maior cadeia da província, a Penitenciária Agrícola, vulgarmente conhecido por Cabeça do Velho. Estes aumentos de casos de crimes, onde os males feitores usam catanas, enxadas, facas, paus, armas de fogo, entre outros instrumentos para lograr os seus intentos, ainda não há uma razão dos seus acréscimos, segundo a corporação.

No entanto, nos acidentes de viação, as coisas acontecem inverso, a polícia registou trinta e quatro casos negativos em relação a Janeiro até Outubro do ano passado, onde notificou 251, em 2011, contra 271, em 2010. Do referido registo, houve uma redução de 30 óbitos este ano em relação ao transacto, números fruto de intensificação de no trabalho operativo da corporação no terreno no que concerne na fiscalização rodoviária.

Segundo Belmiro Mutadiua, o casos mais frequentes de acidentes de viação foram atropelamento carro-peão, o tipo de acidente que mais vítimas fez, despistamento e choque entre carros. Fora causas dos acidentes, excesso de velocidade, má travessia do peão e corte de prioridade, sendo que o primeiro foi a origem que mais causou vitimas e desgraça nas vias públicas da cidade de Chimoio e não só. Para combater o fenómeno acidente de viação, foram proferidas actividades de educação vial aos automobilistas, motociclistas, ciclistas e peões, estes últimos são as grandes vitimas nas vias públicas.

O porta-voz, do comando da PRM, nesta província central do país, disse que a policia vai neste momento efectuar um estudo para se identificar o que realmente aconteceu para se identificar o que realmente aconteceu para se registar a subida de caso criminais. “Nós falhamos algo. Então vamos sentar e vermos o realmente falhamos para podermos combater com mais cuidados e força a criminalidade”, finalizou.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!