Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Casal e dois menores morrem carbonizados em Manica

Quatro pessoas da mesma família morreram carbonizadas depois que indivíduos desconhecidos, ainda monte, incendiaram a sua residência na madrugada desta segunda-feira, no distrito de Vanduzi, província central de Manica, em Moçambique.

As vítimas são um casal e dois menores, ambos de sexo masculino, com idade estimada entre três a cinco anos. Informações da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Manica, indicam que os bandidos fizeram-se ao local e amarraram a porta principal da referida residência. De seguida, regaram a casa com combustível e atearam fogo que matou toda a família.

Apercebendo-se da situação, o casal ainda tentou em vão arrombar a porta. Mesmo com o apoio de vizinhos e de outras pessoas de boa-fé, a operação de resgate não teve sucesso porque o fogo alastrou-se rapidamente para todos compartimentos, deixando a residência em cinzas.

A porta-voz da PRM em Manica, Elcidia Filipe, aponta como possíveis causas do crime conflitos passionais ou mesmo ajuste de contas.

“Acreditamos que estamos perante uma situação de ajuste de contas ou mesmo problemas passionais porque aos bandidos agiram sem nenhuma intenção de subtrair algum bem dentro da residência”, disse Elcidia Filipe.

Explicou que os malfeitores limitaram-se apenas a amarrar a porta com um arame e depois deitaram combustível a volta da casa e, de seguida, acenderam fogo.

“O casal tentou pedir socorro, mas foi em vão. O fogo alastrou-se rapidamente e matou toda família”, disse Elcidia Filipe.

A porta-voz referiu que a corporação está a trabalhar no sentido de localizar os criminosos e levá-los a barra do tribunal. Revelou que uma equipa da PRM está no terreno para tentar recolher mais elementos sobre este crime hediondo que chocou os residentes de Vanduzi e arredores.

Fazendo um balanço sobre as principais ocorrências das últimas 72 horas, Elcidia Filipe disse que foram encontrados três corpos sem vida e abandonados na via pública com sinais de espancamento, na zona de Amatongas, distrito de Gondola, um crime que também perpetrado por indivíduos desconhecidos.

As vítimas aparentam 25 a 30 anos de idade. A PRM está empenhada para esclarecer o caso. Estão a ser realizados exames forenses para apurar as circunstâncias das mortes e responsabilizar os malfeitores envolvidos neste crime.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!