Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Carros-bombas matam 18 pessoas nas províncias xiitas do Iraque

Carros-bombas detonados em movimentadas áreas xiitas do sul do Iraque mataram pelo menos 18 pessoas, Segunda-feira (29), segundo fontes policiais e hospitalares, elevando a quase 200 o total de vítimas fatais por causa de uma semana de violência sectária.

Os ataques dos militantes estão a intensificar-se num momento em que a guerra civil na vizinha Síria torna ainda mais tensas as relações entre xiitas e sunitas.

Os actuais confrontos começaram, Terça-feira passada, depois de as forças de segurança terem dispersado um acampamento de manifestantes sunitas perto de Kirkuk. Os incidentes mais graves da Segunda-feira ocorreram em Amara, 300 quilómetros a sudeste de Bagdad.

Ali, nove pessoas morreram em duas explosões – num mercado e num ponto de recrutamento de trabalhadores diaristas. Outros três carros-bombas explodiram em mercados de Diywaniya (dois mortos) e Kerbala (três mortos), e numa mesquita xiita de Mahmudiya (quatro mortos).

Nenhum grupo assumiu a autoria dos atentados, mas o modus operandi e o facto de terem xiitas como alvo sugerem uma acção da Al Qaeda local. Desde Dezembro, os sunitas iraquianos realizam protestos contra supostas discriminações por parte do governo local, comandado pelo xiita Nuri al Maliki.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!