Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Carcaça do navio Costa Concordia deve voltar a flutuar em 10 dias

A carcaça do navio de cruzeiro Costa Concordia deve voltar a flutuar em dez dias e ser rebocado da ilha italiana onde naufragou e virou há dois anos e meio, informou o grupo responsável pela remoção, esta quinta-feira (3).

O casco do navio de 290 metros foi endireitado e estabilizado numa operação complexa na costa da ilha turística de Giglio, na Toscana, em Setembro do ano passado, e com a chegada de um clima mais favorável no verão deve ser conduzido para Gênova para ser desmontado.

O último dos 30 dispositivos estabilizadores foi fixado ao navio, esta quinta-feira, e agora os técnicos irão começar a testar todos os sistemas para a flutuação final, declarou o Projecto de Remoção dos Destroços do Concordia num comunicado.

“Depois da instalação do último dispositivo, podemos começar a contagem regressiva para a reflutuação e partida final do navio”, disse Michael Thamm, executivo-chefe da Costa Cruises, subsidiária da proprietária do cruzeiro, Carnival Corp num comunicado.

Os organizadores disseram que as últimas fases do projecto para remover a embarcação de 114.500 toneladas, o maior resgate marítimo da história, serão explicadas em detalhe nos próximos dias.

Um consórcio, que inclui a empresa de serviços para actividades petrolíferas Saipem e as empresas Mariotti e San Giorgio, sediadas em Genova, irá conduzir o desmantelamento do navio. O capitão do cruzeiro, Francesco Schettino, está a ser julgado por homicídio culposo por causar um naufrágio e abandonar o navio. O acidente provocou 32 mortes.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!