Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Canarinhos apresentam reforços do seu plantel

O Clube de Desportos da Costa Sol apresentou, em Maputo, o seu plantel para a época futebolística 2013. Numa conferência de imprensa bastante concorrida, realizada na sede daquele clube, foram também dissipadas algumas dúvidas no que à equipa técnica diz respeito e alguns jogadores, alguns prematuramente anunciados como reforços de outras equipas.

Diga-se que foi uma apresentação de uma equipa de luxo para a nova temporada. O Costa do Sol superou as expectativas, sobretudo no “publicação” dos seus reforços.

O primeiro grande momento do evento foi o da confirmação da continuidade da equipa técnica, contrariando aos rumores que davam conta de uma suposta saída do técnico português Diamantino Miranda. Aliás, Miranda nem sequer precisou ser apresentado, dando a entender que continua intacto como o comandante da equipa, sendo coadjuvado por Rafael Maposse ora conhecido nos meandros desportivos por Garrincha.

No tocante aos reforços, o melhor momento da cerimónia, os canarinhos apresentaram oito novos jogadores, nomeadamente:

– Binó (guarda-redes), Dário Khan e Mayunda (defesas), Nelson (médio), todos provenientes da Liga Muçulmana;

– Nene, médio que vestiu a camisola do Ferroviário da Beira na temporada passada;

– Paulo, médio vindo do Chingale de Tete;

– Tony, avançado campeão nacional pelo Maxaquene;

– E Mathews Masha, avançado zambiano proveniente do Nchanga Rangers da Zâmbia.

O Maxaquene mentiu aos jornalistas

Diz o adágio popular que a mentira tem, ligeiramente, uma perna curta. E desta vez não fugiu à regra.

Volvido um mês após o anúncio dos reforços do Maxaquene, incluindo no “papel” o nome de David à revelia deste, o Costa do Sol tratou de desmentir o clube tricolor revelando, no conjunto do plantel acabado da equipa canarinha, a continuidade daquele médio zimbabweano.

Ademais, sempre ficou claro desde o momento da apresentação da equipa tricolor que David não pertencia àquela equipa, até porque no momento da apresentação o jogador não esteve presente, tendo a equipa a seguir rumado ao estágio pré-competitivo na Suazilândia, ainda sem este.

Outro dado curioso e que chamou atenção aos jornalistas desportivos presentes no local, foi o da presença de Rúben, que segundo alguma imprensa desportiva nacional e “boatos” nas redes sociais, era dado como “carta fora do baralho” daquele clube para a presente temporada.

E assim fica constituído o plantel canarinho:

Guarda Redes: Gervásio, Joaquim e Bino;

Defesas: Sanito, João Mazive, Zé Inácio, Manuelito I, Gildo, Dario Khan, Dito e Mayunda.

Médios: Mambo, Alvarito, Tchaka, Nene, Manuelito II, Nelson, Paulo, David, Rúben e Rivaldo.

Avançados: Parkim, Themba, Tony e Mathews Masha.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!