Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Canadá: Partido conservador vence eleições legislativas e volta ao poder

O partido conservador, liderado por Stephen Harper, venceu as eleições legislativas que se realizaram na segunda-feira no Canadá. Este será o primeiro mandato do partido com maioria absoluta. O Governo de Harper caíra no dia 25 de Março, depois de uma moção de censura inédita – os deputados diziam-se indignados com a falta de transparência e de respeito de Harper pelo Parlamento – que obrigou a eleições antecipadas.

Mas os eleitores voltaram a erguer o partido e o Governo de Harper. Os conservadores canadianos conseguiram a decisiva vitória com 54 por cento dos lugares no Parlamento (167 deputados eleitos) e asseguram assim um período de quatro anos no poder. Para o ex, e agora novamente actual, primeiro-ministro canadiano, que durante a campanha eleitoral pediu ao eleitorado que desse aos conservadores a maioria absoluta para evitar a instabilidade de um novo governo minoritário, esta é também uma vitória pessoal. “Foi uma óptima noite”, disse Harper, citado pela Reuters, quando soube dos resultados provisórios que apontavam para a sua clara vitória. “Os canadianos podem agora virar a página das incertezas e das repetidas eleições nos passados sete anos e focar-se em construir um bom futuro.”

O ministro da Imigração, Jason Kenny, um dos principais líderes dos conservadores, classificou também o resultado como “sensacional” e assegurou que, “finalmente” conseguiriam “fazer coisas”. De acordo com a agência Efe, também Jack Layton, o líder social-democrata, se mostrou altamente entusiasmado em Toronto com o resultado, declarando que “a Primavera chegou e começou um novo capítulo” e garantindo que iriam “trabalhar no duro para ganhar a confiança dos canadianos”.

Depois destas eleições, os Liberais, encabeçados por Michael Ignatieff, perdem o lugar de principal partido da oposição para o Novo Partido Democrático. “Vimos nesta noite, acho, a emergência de uma polarização na política do Canadá”, disse Ignatieff aos apoiantes do seu partido. “Temos um governo que vai fingir governar a partir do centro e há o risco de que leve o país para a direita. Teremos uma oposição oficial que criticará do centro mas possivelmente levará o país para a esquerda.” E acrescentou: “É duro perder assim.”

De acordo com os últimos resultados divulgados nesta terça-feira pela “Elections Canada”, os conservadores ficam com 39,6 por cento dos votos; o Novo Partido Democrático – que passa a ser a segunda força política do país – com 30,6 por cento; os Liberais com 18,9 por cento; o bloco do Quebec com 6,1 por cento e os verdes com apenas 3,9 por cento. Os resultados definitivos deverão ser divulgados mais tarde.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!