Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Campeonato do Mundo da Coreia do Sul/Japão 2002

A partida de abertura deu uma ideia do que viria pela frente na fase de grupos: a estreante selecção do Senegal derrotou a França por 1 a 0 com um golo de Papa Bouba Diop. Os franceses não conseguiram recuperar daquele resultado e terminaram no último lugar do Grupo A, sem nenhum golo marcado.

Para os senegaleses, entretanto, a festa estava só a começar. Classificado para os oitavos-de-final, o combinado derrotou a Suécia na morte súbita, mas o mesmo golo de ouro eliminou os africanos nos quartos-de-final diante da Turquia. Os Estados Unidos pregaram outra peça ao vencerem na estreia a festejada selecção portuguesa por 3 a 2. Os lusos recuperaram na vitória contra a Polónia, mas acabaram por ser a segunda grande nação europeia a voltar para casa mais cedo após ser derrotada pela Coreia do Sul. A eliminação da Argentina ao lado da Nigéria no Grupo F foi ainda mais surpreendente.

Os comandados de Marcelo Bielsa venceram os nigerianos na estreia, mas depois perderam por 1 a 0 com a velha rival Inglaterra em Sapporo numa das partidas mais esperadas da primeira fase. Na primeira Copa do Mundo da FIFA no continente asiático, os japoneses também fizeram a sua festa particular. Empurrado pela ruidosa torcida local, o Japão do técnico Philippe Troussier ficou em primeiro no Grupo H. A tradicional Alemanha não estava entre os grandes favoritos antes do torneio, pois havia sofrido uma goleada por 5 a 1 com a Inglaterra nas eliminatórias e só conseguira a classificação na repescagem.

Mas três vitórias consecutivas por 1 a 0 nas eliminatórias levaram os alemães à sua sétima final de Copa do Mundo da FIFA. Ironicamente, foi o outrora imbatível Kahn – o melhor jogador do torneio – que deu de presente a Ronaldo o golo que abriu o marcador na metade do segundo tempo da decisão em Yokohama no dia 30 de Junho. O Fenómeno ainda fez o segundo após um brilhante passe de Rivaldo e garantiu o título para o Brasil. Para o atacante, que estivera lesionado quase todo o tempo entre as duas edições da Copa, o momento foi de redenção.

Equipas: 32

Quando: 31 Maio 2002 a 30 Junho 2002

 Final: 30 Junho 2002

Jogos: 64 Golos: 161 (média 2.5 por partida)

Público nos estádios: 2705197 (média 42268)

Campeão: Brasil

Vice-campeão: Alemanha

Terceiro: Turquia

Quarto: Coreia do Sul

Bola de Ouro adidas: Oliver KAHN (GER)

Bota de Ouro adidas: RONALDO (BRA)

Prémio Yashin para o Melhor guarda-redes: Oliver KAHN (GER)

Prémio de Melhor Jogador Jovem: Landon DONOVAN (USA)

Prémio FIFA Fair Play: Bélgica

Prémio da FIFA para a EquipeaMais Espectacular: Coreia do Sul

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!