Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Campeonato do Mundo da Alemanha 1974

A Copa do Mundo da FIFA 1974 foi marcada pelo futebol total e serviu de vitrina para o talento magistral de Johan Cruyff e Franz Beckenbauer, que assumiram os holofotes e lideraram a Holanda e a Alemanha, respectivamente, à final em Munique no dia 7 de Julho de 1974.

Assim como acontecera contra a surpreendente selecção húngara de Ferenc Puskás vinte anos antes, foi a Alemanha Ocidental que saiu de campo triunfante após virar a partida para chegar ao segundo título mundial, superando os grandes favoritos. A final começou em grande estilo.

A Holanda, que havia marcado 14 golos e sofrido apenas um nos seis jogos anteriores, partiu para o ataque antes mesmo que os alemães pudessem tocar na bola. Cruyff, o génio indomável da camisa 14, saiu com a bola dominada do círculo central e só foi parado por Uli Hoeness dentro da área. Com pouco mais de um minuto de jogo, Johan Neeskens fez o primeiro golo de grande penalidade na final de um Mundial.

Os holandeses pareciam brincar em campo, mas os alemães estavam com o orgulho ferido e conseguiram o empate aos 25 minutos. Bernd Hölzenbein foi derrubado por Wim Jansen na área, e Paul Breitner converteu a segunda grande penalidade do jogo. Com Berti Vogts marcando Cruyff, Gerd Müller, ganhador da Bota de Ouro quatro anos antes, garantiu que o nome da Alemanha Ocidental fosse o primeiro a ser gravado no novo troféu da Copa aos dois minutos do segundo tempo.

Müller recebeu um cruzamento de Rainer Bonhof e rematou rasteiro para a baliza de Jan Jongbloed. A estátua de ouro maciço que Franz Beckenbauer, capitão da Alemanha Ocidental, ergueu no lugar da taça Jules Rimet (o Brasil conquistara a posse definitiva do troféu com o tricampeonato em 1970) não era a única novidade da Alemanha 1974. A FIFA tinha um novo presidente: o brasileiro João Havelange, que assumira no lugar do inglês Sir Stanley Rous.

Além disso, a competição sofreu uma mudança de formato, passando a contar com uma segunda fase de grupos no lugar das tradicionais eliminatórias das fases de quartos-de-final e semifinal. A Inglaterra e a Rússia foram ausências sentidas na Alemanha 1974. Pela primeira vez na história, os ingleses não conseguiram classificar-se, enquanto os russos se recusaram a viajar para disputar uma repescagem no Chile por razões políticas. Das estreantes, a Alemanha Oriental foi a que causou maior impacto, derrotando os vizinhos ocidentais por 1 a 0 em Hamburgo na primeira jornada.

O Zaire, primeiro país da África Subsaariana a chegar à competição mundial, protagonizou um dos momentos mais divertidos quando, na partida contra o Brasil, o defesa Ilunga Mwepu deixou a barreira e chutou a bola para longe antes de ela ser posta em jogo.

Equipas: 16

Quando: 13 Junho 1974 a 07 Julho 1974

Final: 07 Julho 1974

Jogos: 38

Golos: 97 (média 2.6 por partida)

Público nos estádios: 1822834 (média 47969)

Campeão: Alemanha Ocidental

Vice-campeão: Holanda

Terceiro: Polónia

Quarto: Brasil

Bota de Ouro: Grzegorz LATO (POL)

Prémio de Melhor Jogador Jovem: Wladyslaw ZMUDA (POL)

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!