Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Camarões reagem às críticas e negam conflitos internos

A seleção dos Camarões, pressionada pela claque depois de perder de 1 a 0 com o Japão, respondeu esta quinta-feira à série de críticas e negou os boatos de conflitos internos. No sábado, os africanos enfrentam a Dinamarca em jogo decisivo em Pretória.

Horas depois de o atacante Samuel Eto’o ter dito que a seleção teria de prestar contas e de o presidente do país ter falado em zangas entre os jogadores, uma reação brava dos Leões Indomáveis era o que mais se esperava. “Vocês não estão dentro do grupo. Posso dizer na boa: não há nenhum problema”, garantiu o defesa Gaëtan Bong, em resposta que pelo jeito não convenceu os vários jornalistas dos Camarões que estavam na coletiva de imprensa.

O meio-campo do Betis, Achille Emana, também estava na entrevista e negou qualquer atrito com Eto’o: “Eu não tenho nenhum problema com ele, nem ele comigo. As pessoas falam demais. Houve apenas uma pequena divergência, como acontece em todas as famílias”, garante. Eto’o, que estava em canto na sala, foi até a frente e abraçou Emana, para alegria dos fotógrafos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!