Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Calcário de Matutuíne atrai investidores estrangeiros

Duas companhias produtoras de cimento da China e Índia deverão instalar, a partir de 2013, igual número de fábricas de produção daquele produto no distrito de Matutuíne, província do Maputo.

O distrito dispõe de enormes reservas de calcário para produção de cimento, segundo o director das Actividades Económicas de Matutuíne, Elias Cuna, avançando que vários outros investidores estrangeiros têm procurado informações sobre as reais potencialidades da região em termos desta matéria-prima, segundo ainda Cuna, falando há dias ao Correio da Manhã.

A China será o primeiro investidor externo a arrancar com as obras de contrução da fábrica de cimento, em 2013, de acordo com aquele responsável, estimando em cerca de 1500 o número de novos postos de emprego que a referida unidade produtora deverá criar a partir do próximo ano.

O empreendimento está orçado em cerca de 72 milhões de dólares norte-americanos e com capacidade de produção anual de cerca de cinco mil toneladas, segundo ainda a mesma fonte. Falta a indicação da data do arranque das obras de construção da fábrica projectada pelos investidores indianos, apesar dos estudos de viabilidade do negócio terem iniciado em 2011.

“Quase todo o subsolo da região de Matutuíne está coberto de calcário”, garantiu Elias Cuna, ironizando que “mesmo os edíficios públicos da vila de Bela Vista, sede do distrito de Matutuíne, estão por cima de calcário”.

Para aquele responsável, a presença de enormes quantidades de calcário em Matutuíne deverá dinamizar o desenvolvimento socioeconómico do distrito, “podendo proporcionar emprego a pessoas de quase todas as regiões da província do Maputo”, enfatizou Cuna.

Refira-se que a construção das duas fábricas de cimento em Matutuíne vai ajudar o país a reduzir a importação deste produto imprescindível na indústria da construção civil.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!