Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Bundesliga: Bayern vence e mantém dois pontos de vantagem

O Bayern Munich passou fácil pelo Bayer Leverkusen por 3 x 0 este sábado e alcançou a sexta vitória seguida, que manteve a equipa com dois pontos de vantagem na liderança do campeonato alemão.

Dois golos foram marcados no primeiro tempo, por Thomas Mueller e Daniel van Buyten e outro nos acréscimos pelo holandês Arjen Robben, em sua primeira aparição desde agosto, e a equipe foi a 18 pontos em sete partidas.

Com milhões de pessoas na cidade para a festa anual da cerveja, a Oktoberfest, o Bayern tinha suas próprias razões para comemorar no sábado, com nove partidas seguidas sem sofrer gols, levando em conta todas as competições.

O Borussia Moenchengladbach manteve-se próximo do Bayern, chegando ao segundo lugar com a vitória por 1 x 0 sobre o Nuremberg, cortesia do pênalti convertido por Filip Daems enquanto o Borussia Dortmund arrancou uma vitória no último suspiro sobre o Mainz 05 fora de casa. Especialista em cobranças de pênalti, Daems marcou seu terceiro golo na temporada aos 31 minutos da etapa final e levou o Gladbach, que passou pelo playoff do rebaixamento para se manter na primeira divisão, aos 16 pontos.

O campeão da última temporada, Borussia Dortmund, precisou de um golo aos 45 do segundo tempo, marcado por Lukasz Piszczek, para vencer o Mainz e interromper a série de duas derrotas seguidas e subir para o oitavo lugar. Piszczek, cujo passe errado para trás resultou no primeiro gol do Mainz aos 38 de jogo, marcado por Nicolai Mueller, se redimiu com um chute de fora da área segundos antes do apito final. O Dortmund, que teve o armador Mario Geotze retornando de suspensão e o atacante Lucas Barrios voltando de lesão e jogando pela primeira vez na temporada, tinha empatado aos 19 minutos da etapa final, com Ivan Perisic marcando seu primeiro golo no Campeonato Italiano.

O Schalke 04 venceu o Freiburg por 4 x 2 para cumprir a promessa de um desempenho estelar ao treinador Ralf Rangnick que surpreendentemente deixou o clube na última quinta-feira afirmando estar exausto.

O Wolfsburg bateu o Kaiserslautern por 1 x 0, apesar de jogar com 10 jogadores por todo o segundo tempo após a expulsão do defesa Sotiris Kyrgiakos, com Ashkan Dejagah marcando de peixinho aos 15 da etapa final, assegurando os três pontos para a equipa de Felix Magath.

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!