Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Búfalos e bois dizimam culturas

Por diversas vezes os camponeses que praticam agricultura na zona do padeiro, arredores da cidade de Quelimane, vieram ao público pedir socorro, por causa de uma manada de búfalos e bois que não tem poupado as suas culturas, principalmente aquelas que estão na fase de germinação.

A resposta não tem sido eficaz. A população fica sem soluções. Por diversas vezes já tentaram reunir-se com o proprietário, mas mesmo assim não houve resultados satisfatórios.

Os quadrúpedes continuam a fazer das suas, deitando assim água abaixo os esforços que a população tem vindo a empreender, mesmo com enxada de cabo curto. Nos últimos tempos, os búfalos, em particular, não têm perdoado as culturas. esses invadem os campos e quando lá chegam, não resta nada.

Os animais consomem tudo e a população fica cada vem mais desesperada não sabendo como sair deste cenário. Por isso, todos os que por ali passam, neste caso, os dirigentes a todos níveis são confrontados com a situação e a única solução que avançam é conversarem com o proprietário.

Só que esta conversa com os donos das manadas nunca mais é concretizada. Dai que todos os dias, os animais fazem e desfazem.

Também criam acidentes

Para além de dizimarem culturas, os animais têm provocado acidentes de viação na estrada de entrada e saída para a cidade de Quelimane.

Aano passado, um camião que transportava combustíveis tombou naquela zona quando, em plena noite, um búfalo saiu do seu curral e se fez à estrada. Os prejuízos foram avultados, tanto como os danos materiais na viatura, assim como o próprio produto que foi todo para o chão.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!