Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Jovem assassinado alegadamente por dívidas em Maputo

Um cidadão que respondia pelo nome de Barrossane Ngulele, de 23 anos de idade, foi brutalmente assassinado com recurso a uma arma branca, na passada sexta-feira (06), em Maputo, supostamente por não ter pago na totalidade uma dívida resultante da reparação de um dano no quadro de energia na sua residência.

 

A vítima vivia no bairro de Bagamoyo e, segundo a Polícia, antes da sua morte, ela discutiu com três indivíduos que exigiam o pagamento de um valor devido à prestação dos serviços a que nos referimos. Entretanto, a discussão terminou com a morte de Barrossane Ngulele, cujo corpo foi posteriormente escondido num capim, algures no bairro George Demitrov.

O porta-voz do Comando da Polícia da República de Moçambique a nível da cidade de Maputo, Orlando Modumane, dos integrantes do grupo, dois cidadãos, de idades que variam entre 28 e 32 anos, estão detidos na 16ª esquadra e um terceiro fugiu.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!