Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Brasil 3 – Chile 0: O que eles disseram depois do jogo

“Hoje foi uma partida bonita, porque a equipe do Chile também joga para a frente. É um adversário muito difícil de marcar, porque tem jogadores que se movimentam o tempo todo, mas o Brasil soube defender-se e ter um equilíbrio na partida. Quando tivemos a bola, pudemos jogar em velocidade. A qualidade do jogador brasileiro também facilita, e essa equipe já tem uma forma de jogar, mesmo com mudanças de peças. Agora temos mais uma partida difícil pela frente contra a Holanda, que é uma seleção que mantém a tradição de revelar bons jogadores e tem qualidade técnica.” Dunga, técnico do Brasil.

“Chegamos a esta partida de maneira justa, e a eliminação também foi justa. Talvez o placar pudesse ter sido um pouco mais curto, mas, em linhas gerais, a superioridade do rival ficou evidente. O Brasil teve paciência para aproveitar os espaços que oferecemos, e sair atrás contra eles é sempre muito complicado. Demonstramos nosso trabalho como um dos elencos mais jovems da competição, o que permite pensar que, com maior experiência, se pode evoluir no futuro.” Marcelo Bielsa, técnico do Chile.

“Fico feliz por ter feito o golo, mas estou mais feliz pela vitória da equipe. O Chile é um adversário que sempre me deu sorte, e hoje não foi diferente, ainda bem. Agora vamos para mais uma decisão. A equipa sempre tem o que melhorar, mas acho que estamos no caminho certo e estamos conseguindo nossos objetivos.” Robinho, atacante do Brasil eleito melhordo Jogo.

“Acho que a Seleção teve hoje realmente uma evolução. Criamos várias jogadas e conseguimos armar nossos contra-ataques. É mais um jogo difícil que foi superado. De passo em passo, a gente vai chegando. Tenho a responsabilidade de fazer os gols, estou ali na frente para isso, hoje pude fazer um gol muito bonito, driblando o guarda-redes. Conquistamos uma vitória importantíssima, que vai nos dar uma confiança muito grande.” Luís Fabiano, atacante do Brasil.

“A nossa equipe às vezes é frágil. Sabemos atacar bem, mas também temos de saber nos defender. Nosso time é jovem, e temos de seguir aprendendo. Vamos para casa com a tranqüilidade de ter dado o máximo, de ter tratado de fazer coisas maiores e de ser uma equipe limpa e honesta. Entregamos tudo, mas não pudemos fazer mais. Lamentavelmente o Brasil cruzou nosso caminho.” Claudio Bravo, guarda-redes e capitão do Chile.

“Sabíamos que era difícil devido ao rival de renome que enfrentávamos, mas, pelo que foi feito em campo, o resultado é um pouco exagerado. Fica mais complicado, todavia, quando não se converte as oportunidades e se está jogando de igual para igual. Em desvantagem, saímos para procurar o empate, e eles usaram muito bem os espaços.” Gonzalo Jara, defensor do Chile.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!