Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Bombardeios matam 24 no noroeste do Paquistão

Pelo menos 24 pessoas foram mortas em dois ataques a bomba no noroeste do Paquistão este domingo, segundo a polícia. Os ataques aconteceram após a notícia da morte de Ilyas Kashmiri, membro da Al Qaeda, em um ataque de mísseis dos Estados Unidos na região tribal de Pashtun, na fronteira com o Afeganistão.

Militantes prometeram vingar a morte de Kashmiri. Uma bomba explodiu em uma padaria na cidade de Nowshera, matando 18 pessoas. “Temos 18 mortos confirmados”, disse Ali Shah, um porta-voz da polícia em Nowshera. Ele afirmou que 35 pessoas ficaram feridas na explosão.

Zakaullah Khan, a principal autoridade da cidade, disse que o número de mortos pode aumentar, já que muitos feridos estão em estado crítico. “Foi uma grande explosão. Destruiu a padaria e um restaurante nas proximidades”, ele afirmou.

Testemunhas disseram que um incêndio tomou conta da padaria logo após a explosão. “Eu vi vários corpos carbonizados no chão e pessoas chorando e gritando”, disse Arif Nabi, uma testemunha. Horas antes, outro atentado a bomba em um ônibus na periferia de Peshawar, capital da província do noroeste Pakhtunkhwa Khyber, matou seis pessoas e deixou feridos, segundo policiais.

Militantes do Taliban no Paquistão, que têm laços estreitos com a Al Qaeda, têm realizado uma série de ataques para vingar a morte de Osama bin Laden pelas forças especiais dos EUA em uma cidade do Paquistão, em 2 de maio. Eles atacaram cadetes paramilitares, um comboio do consulado dos Estados Unidos, uma base naval e outros alvos.

Os Estados Unidos reiteraram o seu apelo ao Paquistão para maior cooperação na guerra contra a militância depois que o país descobriu que Bin Laden aparentemente vivia no Paquistão há anos. O Taliban tem se mostrado resistente a várias ofensivas do Exército contra seus redutos, além de organizar e realizar ataques.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!