Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Bolt corre os 150 metros mais rápido da historia em Manchester

O tricampeão olímpico jamaicano, Unsain Bolt, num evento realizado este domingo em Manchester, foi o corredor mais rápido da história da distância pouco habitual dos 150 metros, com o tempo de 14 segundos e 35 centésimos.

De regresso às competições três meses antes do Campeonato Mundial de Atletismo em Berlim, Bolt impressionou ao parecer um extraterrestre diante de seus três rivais, entre eles o britânico Marlon Devonish, que terminou a corrida a mais de 70 centésimos (15.07).

Numa pista húmida no centro de Manchester e depois do acidente que perturbou sua preparação, Bolt percorreu os 100 primeiros metros em 9 segundos e 90 centésimos, e entre os 50 e os 150 metros, lhe cronometraram 8 segundos e 72 centésimos.

O mais rápido dos 150 metros, uma distância pouco disputada e não reconhecida na distancia pela Federação Internacional de Atletismo (IAAF), era até agora o italiano Pietro Mennea (14.80 em 1983). Bolt parecia surpreso o sua atuação, já que acaba de chegar à Europa e não se encontra em sua melhor forma.

Mas a facilidade com que correu, dá razão aos pensam que seja capaz de baixar rapidamente os recordes dos 100 e 200 metros que estabeleceu nos Jogos Olímpicos de Pequim (9.69 e 19.30, respectivamente). “A verdade é que não penso nisso, mas creio que é possível. Se tudo é bem preparado, não teria problemas. Em Pequim, meu técnico dizia que eu correria 9.54 e, sem dúvida, creio que sou capaz de consegui-lo”, declarou o jamaicano.

Na sua passagem por Manchester, Bolt confirmou que pensa tentar os 400 metros, cujo recorde (43.18), obra de Michael Johnson em Sevilla (Espanha), completará dez anos em agosto. “Tentarei. Meu técnico anima-me muito para tentá-lo”, assinalou sem dar data para esse novo desafio. “Meu principal objetivo é me tornar uma lenda. Vou trabalhar muito para conseguir. Acabo de começar”, concluiu Bolt.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!