Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

BMW deixará a F1 no fim da temporada

O construtor alemão BMW anunciou esta quarta-feira em comunicado que não renovará seu compromisso na Fórmula 1″ para a temporada 2010, numa decisão foi adotada pela nova direção estratégica da empresa, segundo afirmou o presidente da BMW, Norbert Reithofer. “O importante é dar prioridade a uma política de gestão duradoura e favorável ao meio ambiente”, acrescentou Reithofer.

A escuderia BMW Sauber ocupa a oitava posição na classificação de construtores do Mundial de Fórmula-1 2009. Apesar dos maus resultados da escuderia, Reithofer afirmou que a decisão de abandonar a Fórmula 1 “é uma decisão difícil”.

A BMW voltou à Fórmula 1 em 2000. Cinco anos mais tarde, comprou a equipe suíça Sauber, formando a equipe BMW Sauber, cujas cores são o azul e o branco do estado regional alemão de Baviera (sul da Alemanha). O alemão Nick Heidfeld e o polonês Robert Kúbica são os pilotos da escuderia BMW Sauber, que emprega cerca de 730 pessoas.

Para a Federação Internacional do Automobilismo (FIA), a decisão da BMW de abandonar sua participação na Fórmula 1 é lamentável, mas não a surpreendeu. “Se as novas regras sobre a limitação orçamentária tivessem sido acatadas por todos, a retirada da BMW poderia ter sido evitada”, afirmou nesta quarta-feira a organização presidida por Max Mosley em um comunicado. “Está claro, há muito tempo, que o esporte não pode ignorar a crise econômica mundial”, escreveu a FIA em um comunicado. “Não podemos esperar que os construtores continuem dando quantidades enormes de dinheiro à Fórmula 1 se sua sobrevivência depende de demissões, fechamento de fábricas e de ajudas públicas”, acrescentou a FIA, que também aponta o contexto econômico como uma causa para o novo regulamento da 2010.

“Foi por isso que a FIA propôs novas regras, com o objetivo de reduzir drasticamente os custos das escuderias”, destacou. “Estas medidas têm como objetivo aliviar a pressão sobre os fabricantes e permitir a chegada de novas escuderias”, destacou. Apesar da desistência da BMW, as equipes membros da Associação de Escuderias da Fórmula 1 (Fota) indicaram nesta quarta-feira que ajudarão a Sauber a se manter.

As escuderias “estão prontas para assegurar o apoio necessário à escuderia suíça”, declarou o secretário geral da Fota, Simone Perillo. Já a escuderia japonesa Toyota anunciou nesta quarta-feira que continuará no Mundial de F1. “Graças à redução de custos, continuaremos nossas atividades na Fórmula 1. Nossa situação fica como está”, declarou um porta-voz da Toyota, fazendo referência ao novo regulamento da FIA para a temporada 2010.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!