Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

BM e CTA reiteram que os detentores das contas em moeda externa podem estar tranquilos

Uma vez mais, o Banco de Moçambique (BM) e a Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA) vieram a terreiro garantir que nenhuma conta em divisas irá ser convertida para a moeda nacional, o Metical, com a entrada em vigor, próxima segunda-feira, dia 11 de Julho de 2011, do novo Regulamento da Lei Cambial.

Segundo Waldemar de Sousa, administrador do BM, e Luís Magaço, responsável pelo Pelouro da Política Financeira da CTA, simplesmente o novo dispositivo legal aprovado pelo Conselho de Ministros, em Dezembro de 2010, visa liberalizar as transacções correntes cambiais desde que não envolvam nenhuma operação de capitais que deve ser autorizada pelo banco central moçambicano.

“Fiquem tranquilos, senhores agentes económicos, que o regulamento não está para vos prejudicar em nada, pois apenas é para liberalizar as transacções correntes cambiais como acontece em todo o mundo”, reiteraram aqueles dirigentes, falando, esta segunda-feira, no Maputo, durante um seminário da zona Sul que serviu para dissipar especulações postas a circular, semana finda, por alguns bancos comerciais indicando que o dinheiro em divisas dos agentes económicos iria ser convertido em meticais quando o novo dispositivo legal entrar em vigor.

Seminário idêntico teve também lugar esta segundafeira, em Nampula, devendo a cidade da Beira acolher, próxima semana, um encontro do género para agentes económicos do Centro de Moçambique.

Waldemar de Sousa explicou em detalhes o conteúdo do documento, apelando aos agentes económicos a estudarem o documento e enviar ao BM todas as dúvidas que possam ter para a devida explicação pelo banco central.

Aproveitou a ocasião para reiterar a posição da sua instituição segundo a qual a facturação das empresas deve ser feita na moeda moçambicana, o Metical, “mas não está proibido de ser feita em moeda estrangeira”, advertiu o administrador do BM.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!