Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

BM apreensivo com sinais de aumento da inflação no país

Sinais preocupantes de aumento da inflação devido ao agravamento dos preços de bens alimentares e combustíveis importados estão a obrigar o Banco de Moçambique (BM) a assegurar adequados níveis de intervenção nos mercados interbancários para redução da Base Monetária por forma a que o seu saldo seja contido em 27 464 milhões de meticais.

O agravamento da inflação em Moçambique terá como provável impacto na Balança de Pagamentos, Finanças Públicas e inflação de curto e médio prazos, bem como nos objectivos macro-económicos estabelecidos para 2011 e no pacote de medidas recentemente tomadas pelo Governo em matéria de preços e custo de vida, segundo o banco central moçambicano.

A contenção da Base Monetária no nível acima indicado foi possível graças à venda pelo BM de divisas correspondentes a pouco mais de quatro milhões de meticais ao Mercado Cambial Interbancário (MCI), 1328 milhões de meticais por via de operações líquidas de Bilhetes do Tesouro e 146 milhões de meticais aplicados pelas instituições de crédito na Facilidade Permanente de Depósito.

O saldo das Reservas Internacionais Líquidas fixouse, em Março último, em 1861 milhões de dólares norte-americanos, o correspondente a uma redução mensal de 24,3 milhões de dólares.

Refira-se, entretanto, que os sinais preocupantes de agravamento da inflação, em Moçambique, surgem numa altura em que o indicador do Clima Económico registou, em Fevereiro de 2011, uma queda, quando comparado com o mês anterior, reflectindo a avaliação negativa de todos os sectores produtivos, com excepção do sector da Construção e Transportes, cuja confiança foi restabelecida, após o pessimismo do mês anterior.

O Indicador de Expectativas de Emprego acompanhou esta tendência, reflectindo o pessimismo quanto ao emprego futuro reinante nos sectores da Indústria, Alojamento e Restauração, num cenário em que as expectativas nos sectores de Transportes e Comércio se mantiveram estacionárias.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!