Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Black Company estão de volta

Black Company estão de volta

Com o “Fora de Série”

Aproximadamente quinze anos depois do hit “Nadar” ter feito sucesso em 1994, os Black Company estão de regresso às edições discográficas. As saudades de trabalharem juntos levaram Gutto, Bambino e Makkas de volta ao estúdio e o resultado é o novo álbum “Fora de Série”, que agora chega às lojas.

“Estávamos com saudades de fazer hip-hop juntos”, disse Gutto em entrevista ao IOL Música. O rapper, que entretanto lançou três discos a solo, falou da maior maturidade em estúdio em relação às primeiras gravações dos Black Company.

“Na altura tínhamos uma visão do mundo completamente diferente. Hoje em dia fazemos hip-hop com o mesmo gosto e com a mesma alegria, mas a visão é completamente diferente”, afirmou.

 

O single de apresentação do novo disco dá pelo nome de “Só Malucos” e é um tema no qual a crítica social está bem patente. Ladrões, assassinos, toxicodependentes, terroristas e investidores corruptos, são alguns dos males cantados pelos Black Company.

“Só Malucos” cruza o hiphop com o tango do mestre argentino Astor Piazzolla e com a guitarra portuguesa de Ângelo Freire. A esta fórmula, os Black Company juntaram ainda a voz de Adelaide Ferreira, uma escolha que, à partida, pode surpreender.

Recorde-se que os Black Company foram um dos grupos de rap de referência a nível dos países lusófonos, durante a década de 90. Em Moçambique impulsionaram indirectamente o surgimento de vários grupos inspirados no hip-hop em português, tais são os casos de Auto Squad, Med Level, Exemplo, entre outros.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!