Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Beyoncé é o destaque das indicações ao Grammy

A americana Beyoncé dominou a cerimônia de anúncio dos indicados ao Grammy e concorre em 10 categorias, incluindo Álbum e Gravação do Ano, seguida de perto pela jovem Taylor Swift com oito indicações e o grupo Black Eyed Peas, que assim como os cantores Maxwell e Kanye West, disputa seis gramofones.

A cerimônia de entrega dos prêmios da indústria musical americana acontecerá no dia 31 de janeiro no ginásio Staples Center de Los Angeles. O álbum “I Am… Sasha Fierce” de Beyoncé recebeu 10 indicações ao Grammy, uma premiação com 109 categorias. Ela concorre nas principais categorias por Gravação do Ano com “Halo” e Canção do Ano como “Single Ladies”, entre outras reservadas para mulheres.

A jovem Taylor Swift, uma das maiores vendedoras de CDs do ano nos Estados Unidos graças à música “You Belong with Me”, indicada a Melhor Canção e Melhor Gravação do ano, recebeu oito indicações, incluindo Álbum do Ano para “Fearless”.

Black Eyed Peas, com o CD “The E.N.D.”, repleto de sucessos nas rádios como “I Gotta Feeling”, Maxwell e Kanye West receberam seis indicações. O rapper e produtor J-Z – marido de Beyoncé – aparece logo depois empatado com a cantora pop Lady Gaga, com cinco indicações cada. Esta última conseguiu as indicações graças ao CD “The Fame” e à canção “Poker Face”, um dos grandes sucessos do ano.

Um intruso no meio da festa é o grupo de rock Kings of Leon, que com “Use Somebody” recebeu indicações a Melhor Gravação e Melhor Canção do Ano. Com uma apresentação inicial do cantor LL Cool J, os indicados das sete principais categorias ao Grammy foram anunciados em uma cerimônia no Teatro Nokia de Los Angeles. Com o ex-Beatle Ringo Starr como apresentador dos indicados a Gravação do Ano, a Academia tentou pelo segundo ano seguido com o evento televisivo recuperar a audiência jovem da indústria musical, que sofreu uma revolução com as novas formas consumo das gerações que aprenderam a fazer o download de álbuns ou comprar música apenas em formato digital e que deixaram de assistir este tipo de premiação na TV.

“A transmissão do ano passado de “The GRAMMY Nominations Concert Live!!” chegou a mais de oito milhões de telespectadores e levou a aumentos percentuais de dois dígitos em todos os grupos demográficos chave para a transmissão do início deste da 51ª edição do Grammy”, afirma um comunicado da Academia.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!