Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

BCI teve lucros de cerca de 15 milhões de euros em 2009

O Banco de Comércio e Investimentos de Moçambique (BCI), maioritariamente detido pelo grupo português Caixa Geral de Depósitos (CGD), anunciou lucros de cerca de 15 milhões de euros em 2009, aumentando 39 porcento relativamente a 2008.

No Relatório e Contas do Exercício de 2009 esta quinta- feira publicitado em diversos meios de comunicação social moçambicanos, o BCI indica o registo de activos totais equivalentes a cerca de 733 milhões de euros, mais 45 porcento que em 2008 e um volume de negócios de pouco mais de mil milhões de euros, uma subida de 52 porcento. Durante o mesmo exercício, o BCI concedeu crédito correspondente a mais de 502 milhões de euros, um crescimento de 79 porcento em relação a 2008, alcançando uma quota de mercado creditício de 34 porcento.

“Apesar da envolvente macroeconómica e do impacto da mesma nos mercados financeiros pode-se afirmar que o BCI cumpriu com os seus objectivos: expandiu a rede de distribuição, aumentou em 66 porcento o número de clientes e reforçou a quota de mercado”, refere o aludido Relatório e Contas do Exercício de 2009. Em 2009, o BCI teve custos operacionais de 250 milhões de euros, registando um aumento de 30 porcento em relação a 2008. Além da CGD, com 51 porcento do capital, o BCI é detido pelo banco português BPI, com 30 porcento, o grupo moçambicano Insitec, 18 porcento, estando o restante capital disperso por pequenos accionistas.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!