Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Basquetebol: Universidade Pedagógica trava Ferroviário

A contar para a terceira jornada da Taça Maputo, a Universidade Pedagógica (UP) derrotou, na passada sexta-feira (16), o Ferroviário de Maputo. A partida foi decidida nos últimos 15 segundos.

Foi um jogo bastante disputado, em que as duas equipas, desde o princípio, mostraram sinais claros de que só a vitória interessava. Sem as suas estrelas principais, que participam no Afrobasket de Abidjan, o Ferroviário de Maputo não conseguiu parar a fúria dos académicos, bastante certeiros na tabela, perdendo por 13 a 6.

No segundo período, a partida ganhou outra velocidade, pois o Ferroviário entrou disposto a mudar o rumo dos acontecimentos, mas debalde. A Académica, sentindo-se pressionada, passou a privilegiar os lançamentos exteriores, saindo ao intervalo com uma vantagem de nove pontos.

No reatamento, a UP entrou relaxada e os atletas locomotivas souberam tirar proveito disso, dominaram na totalidade o terceiro período, marcando um total de 26 pontos contra apenas quatro do adversário. Com o resultado a indicar 33 a 36, o último tempo viria a ser o mais aguerrido do confronto.

A diferença entre as duas equipas sobressaiu, com o Ferroviário mais audacioso no jogo debaixo da tabela, enquanto a UP arriscava nos lançamentos à distância. A 40 segundos do fim da partida, o marcador estava igualado em 62 pontos.

Em dois lances consecutivos, a locomotiva teve tudo para pontuar e sair do seu pavilhão com a vitória, tendo falhado na finalização devido ao nervosismo que tomou conta dos seus jogadores.

Por este facto, a 15 segundos do fim, a UP, ganhando um ressalto na sua zona defensiva, partiu para um contra-ataque rápido e ganhou uma falta em baixo da tabela da locomotiva, bastante contestada pelo treinador do Ferroviário que, depois de invadir o terreno do jogo, obrigou o árbitro a ter de assinalar uma falta técnica contra a sua equipa.

Dos cinco lançamentos, os académicos converteram três, selando as contas do jogo em 65 a 62.

Os restantes jogos produziram os seguintes resultados:

A Politécnica 63 – 56 Desportivo de Maputo

Maxaquene 60 – 56 Costa do Sol

Maxaquene 60 – 53 Costa do Sol (femininos)

A Politécnica A 90 – 51 Desportivo de Maputo (femininos)

A Politécnica B 39 – 33 UP (femininos)

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!