Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Banco de Moçambique agrava taxa de Facilidade Permanente de Cedência

O Banco de Moçambique (BM) acaba de rever em alta a taxa de Facilidade Permanente de Cedência (FPC), em 100 pontos base, para 12,5%, medida tomada em consideração no recente agravamento dos preços dos combustíveis e de outros bens administrados, bem como a “factores de risco prevalecentes”, não especificados.

Por outro lado, o banco central afirma estar a corrigir as taxas do segmento primário do mercado cambial, tendo em consideração os elevados spreads que se registavam entre as taxas do Mercado Cambial Interbancário e as dos demais segmentos de mercado. A medida permitiu reduzir o spread que se situava em 23%, nos finais de Março, para níveis inferiores a 3%, a 15 de Abril corrente, “medida acompanhada por vendas substanciais de divisas no Mercado Cambial Interbancário”, enfatiza fonte documental do BM.

É assim que, até 15 de Abril de 2010, foram vendidas divisas no valor correspondente a 26 milhões de dólares norte-americanos, totalizando 285,6 milhões de dólares as vendas de divisas desde o início do ano, de acordo ainda com o BM. Aquelas vendas mais diversas outras operações realizadas concorreram para o saldo das Reservas Internacionais Líquidas, no fecho da primeira quinzena de Abril de 2010, fixar-se em 1700,7 milhões de dólares norte-americanos, o que corresponde a um acréscimo de 22,3 milhões de dólares, em relação a 31 de Março de 2010.

Por outro lado, o saldo das reservas bancárias foi de 8590,6 milhões de meticais, no período em análise, o equivalente a um aumento de 188,1 milhões de meticais, reflectindo o incremento simultâneo das componentes denominadas em moeda estrangeira, em 99 milhões de meticais, e em moeda nacional, em 89,1 milhões de meticais.

Metical

Refira-se, entretanto, que a divisa moçambicana, o Metical, registou, nos primeiros 15 dias de Abril corrente, perdas de valor correspondentes a 17,6%, em relação ao Dólar norte-americano, situação que fez com que, em termos acumulados e anuais, a variação do Metical se posicionasse no terreno de depreciação de 18,8% e 22,9%, respectivamente.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!