Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Banana assume protagonismo nas exportações da fruta moçambicana

O volume de exportação de banana para o mercado regional da África Austral está cada vez mais a aumentar, devendo, até finais de 2011, atingir 70 mil toneladas.

A situação deve-se ao facto de a restante parte da fruta moçambicana ter sido banida daquele mercado, enquanto perdurar a doença da mosca da fruta que está a afectar o Norte e Centro do país e com fortes possibilidades de se alastrar para o Sul, segundo António Gomes, representante dos produtores nacionais de banana, falando em entrevista ao Correio da manhã.

Gomes classificou de “bastante satisfatório” o nível de procura da banana moçambicana na África do Sul, Zimbabué e Suazilândia, particularmente, produzida na província meridional do Maputo, “sinal demonstrativo da capacidade de dar resposta às solicitações do mercado regional em termos da qualidade do produto”, que tendem a aumentar cada vez mais, de acordo ainda com o empresário.

Na província do Maputo, a produção de banana está a ser feita numa área de cerca de dois mil hectares espalhados pelos distritos de Boane e Namaacha e, desde a invasão da mosca da fruta no Norte e Centro do país, a região lidera no referente às quantidades destinadas para a exportação.

Prejuízos no Maputo

As províncias do Centro e Norte do país garantiam maiores quantidades de banana exportada para o mercado regional da África Austral e a suspensão foi feita em 2008 devido à doença cientificamente denominada de bactrocera invadens.

Temporariamente e depois da eclosão da doença no Norte e Centro do país, a África do Sul suspendeu a importação da banana da província do Maputo, provocando prejuízos estimados em cerca de dois milhões de dólares norte-americanos aos produtores locais.

Gomes não pôs de lado a possibilidade de aquele país voltar a suspender a compra da banana desta região por estar na iminência de ser atacada pela mosca da fruta.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!