Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Autárquicas 2013: Frelimo anuncia seus candidatos às eleições de 20 de Novembro

Depois das eleições internas, o partido no poder na maiorias dos municípios em Moçambique, a Frelimo, procedeu no último fim-de-semana à eleição dos seus candidatos às autárquicas de 20 de Novembro próximo, que irão decorrer em todos os 53 municípios existentes no país. Assim, para as cidades onde nesta altura a eleição se prevê renhida(Beira e Quelimane, actualmente sob gestão do Movimento Democrático de Moçambique, MDM), o partido do batuque e da maçaroca indicou Jaime Neto, deputado da Assembleia da República, e Abel Henriques, funcionário dos Serviços de Registo e Notariado, respectivamente. Estes terão a difícil missão de enfrentar os actuais edis, nomeadamente Daviz Simango e Manuel de Araújo.

Na cidade de Maputo, capital do país, o actual edil, David Simango, concorre à sua própria sucessão e terá como adversários o engenheiro, bancário e comentarista Venâncio Mondlane, do MDM, e o deputado Ismael Mussa, candidato independente.

Entretanto, ainda neste exercício, foram afastados da corrida César de Carvalho, de Tete, Rita Muianga, de Xai-Xai, Sulemane Amugy, de Vilankulo, Narciso Pedro, de Maxixe, Chale Issufo, de Nacala-Porto, Alberto Chicuamba, da Manhiça, Castro Namuaca, de Nampula.

Província de Nampula

Para os municípios do maior círculo eleitoral do país, para além de Absalão Siueia, que irá concorrer pela cidade de Nampula, foram eleitos Saide Amuri, para Ilha de Moçambique, João Luís (Monapo), Rui Chong (Nacala-Porto), Constantino António (Ribáuè), e Ângelo Gerónimo (Malema).

Nesta província, o processo de eleição dos candidatos foi renhido e surpreendente, a julgar pela forma como decorreu. Por exemplo, na nova autarquia de Malema, a deputada Maiópuè era a favorita, mas foi derrotada por Ângelo Gerónimo, um camponês daquele distrito. Situação idêntica verificou-se na autarquia costeira da Ilha de Moçambique, onde o actual edil não conseguiu votos suficientes para concorrer à sua própria sucessão, tendo sido derrotado por Saíde Amur Chimbinda, um jovem, diga-se, sem muita popularidade.

Província de Niassa

Em Niassa, Vicente Lourenço concorre à sua própria sucessão no município de Cuamba. Para Lichinga, Metangula, Marrupa e Mandimba foram eleitos Saide Amido, Sara Mustafa, Marta Romeu e Victor Sinóia, respectivamente.

Província da Zambézia

Na Zambézia, para além da eleição de Abel Henriques, um funcionário dos serviços do registos e notariado, para “enfrentar” Manuel de Araújo na corrida ao município de Quelimane, foram também escolhidos Virgílio Dinheiro, Janguir Hussene, Sertório Fernando, Beatriz Sulvai Nhula e Felisberto Mvua para Maganja da Costa, Gurúè, Alto Molócuè, Mocuba e Milange, respectivamente.

Província de Manica

Para candidatos a edis dos cinco municípios da província de Manica, nomeadamente Chimoio, Gondola, Sussundenga, Manica e Catandica, foram indicados, respectivamente, Raul Adriano, Eduardo Gimo, Venâncio Veremo, Raimundo Quembo e Tomé Maibeque.

Província de Sofala

Na província de Sofala, para concorrer à presidência da segunda maior cidade do país, Beira, a Frelimo escolheu o deputado da Assembleia da República Jaime Neto, que terá como principal adversário o actual edil, Daviz Simango, do Movimento Democrático de Moçambique.

Para os restantes municípios, nomeadamente Dondo, Gorongosa, Nhamatanda e Marromeu, foram nomeados Castigo Hale Chiutar, Moureze Causande, Manuel Jasse e Palmerim Rubinho.

Província de Inhambane

Benedito Guimino concorre à sua própria sucessão no município da cidade de Inhambane, enquanto que Simão Pedro, Abílio Machado, Clemente Boca e Abílio Paulo lutam pela gestão das autarquias de Maxixe, Vilanculos, Massinga e Quissico, respectivamente.

Província de Gaza

Em Gaza, Ernesto Chambisse é o candidato da Frelimo na cidade de Xai-Xai, Lídia Francisco Cossa, em Chókwè, Maria Helena em Manjacaze, Reginaldo Mariquela na vila da Macia, Francisco Manjate em Chibuto, e Mufundisse Chilengue na Praia de Bilene.

Eleições internas ainda não terminaram

Entretanto o partido Frelimo ainda não indicou os seus candidatos à edil nos municípios de Matola, Boane, Namaacha, Manhiça, Tete, Moatize, Ulónguè, Nhamayábuè, Pemba, Metangula, Mueda, Chiúre e Mocímboa da Praia, onde decorrem as eleições internas entre esta segunda-feira e quarta-feira.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!