Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Até Agosto próximo, o diesel estará a 49.89 meticais

Considerando a decisão do governo de aumentar 10% do preço de diesel a partir deste mês, contas feitas revelam que até Agosto o diesel estará a 49.89 meticais, contra os actuais 30.98 meticais.

A partir deste mês, o Governo vai reajustar os preços dos combustíveis, como resultado de um pacote de medidas tomadas em sessão de Conselho de Ministros, com vista a atenuar o custo de vida no país. O Executivo quer que as gasolineiras passem a aplicar o preço real aos consumidores no país. A medida vai incidir sobre o gasóleo, devendo o preço subir 10% ao mês até Agosto, conforme revelou o ministro da Planificação e Desenvolvimento, Aiuba Cuereneia.

Actualmente, apenas o gasóleo é subsidiado para evitar a escalada do custo dos transportes e outros produtos de pequena necessidade, mas a partir de Abril já não será assim. O Governo vai libertar o custo dos combustíveis e manter o subsídio aos transportes, pelo menos até Julho deste ano, de modo a proteger a população. Com a eliminação dos subsídios, o governo espera poupar nove milhões USD por mês.

Os grandes consumidores, mega-projectos entre outras empresas já começaram a pagar os preços reais. E mais, em Agosto de 2011 termina o subsídio aos transportadores e nesta altura o Governo vai introduzir um subsídio aos transportados, nomeadamente trabalhadores e estudantes, na forma de passe. A ideia do Governo é concentrar-se apenas neste grupo para evitar subsidiar pessoas que vão à praia, segundo Aiuba Cuereneia.

O Governo prevê ainda introduzir uma cesta básica para trabalhadores que auferem um salário igual ou inferior a dois mil meticais. Porém, não estão discriminados os trabalhadores que serão abrangidos por esta iniciativa. A referida cesta básica será composta por cereais, pão, peixe de segunda, óleo alimentar, açúcar, feijão e o arroz de terceira qualidade.

Por outro lado, os salários dos dirigentes superiores do Estado e dos órgãos sociais das empresas participadas maioritariamente pelo Estado não serão reajustados durante o ano em curso. O Ministro da Planificação e Desenvolvimento, Aiuba Cuereneia, disse, em entrevista ao jornal “O País”, que o governo não tem capacidade para continuar a pagar subsídios para travar a subida de preços no mercado.

De acordo com Cuereneia, o Executivo optou por deixar as regras do mercado imperarem, sendo que vai introduzir o subsídio ao transportado e uma cesta básica para quem ganha até dois mil meticais. “Estamos a gastar, actualmente, cerca de 10 milhões USD mensais para subsidiar aos combustíveis, e, como sabe, é difícil o governo obter esses montantes, então temos que desviar de alguns programas que deviam ser realizados”, disse o governante.

A despesa do Estado com o subsídio às gasolineiras atinge 120 milhões de dólares norte-americanos, o que é insustentável, considerando que o governo decidiu congelar os preços dos combustíveis em 2008. Com o subsídio aos transportados, Aiuba Cuereneia diz que serão desembolsados cerca de um milhão USD, tendo em conta a participação dos outros actores no processo. Esta medida vai aliviar substancialmente a carga orçamental, na medida em que reduz em nove vezes os actuais gastos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!