Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ataques em reduto do Hezbollah deixam 43 mortos no Líbano

Pelo menos 43 pessoas foram mortas e mais de 240 ficaram feridas nesta quinta-feira em duas explosões suicidas num bairro movimentado nos subúrbios ao sul de Beirute, no Líbano, um reduto do grupo xiita Hezbollah.

As explosões ocorreram quase simultaneamente e atingiram um centro comunitário xiita e uma padaria próxima na área comercial e residencial de Borj Al-Barajneh, disseram fontes de segurança. Um hospital protegido pelo Hezbollah também fica perto.

O Estado Islâmico assumiu a responsabilidade pelos ataques suicidas. Os bombardeios foram os primeiros ataques em mais de um ano contra um reduto do movimento apoiado pelo Irã, que enviou membros à Síria para lutar ao lado das forças do presidente sírio, Bashar al-Assad, na guerra civil do país.

Várias explosões ocorreram no Líbano em junho do ano passado, em um surto de violência ligada à Síria. A guerra no maior vizinho do Líbano, com o qual compartilha uma fronteira de mais de 300 quilómetros, acendeu a luta sectária no país multiétnico, levando a bombardeamentos e combates entre apoiantes dos lados opostos na Síria.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!