Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ataque liderado por sauditas mata 60 em complexo de segurança e prisão no Iémen

Aviões de guerra árabes bombardearam um complexo de segurança próximo da cidade portuária de Hodeidah, no Iêmen, matando 60 pessoas, incluindo presidiários mantidos no local, disseram uma autoridade regional, parentes e fontes médicas neste domingo.

A prisão no bairro de Al-Zaydiyah mantinha 84 presidiários quando foi atingida três vezes no fim de sábado, disse à Reuters Hashem al-Azizi, vice-governador da província de Hodeidah controlada por rebeldes houthis.

Autoridades locais disseram que o local pertence a um complexo de segurança para a área guardada por milicianos houthis, mas que apenas guardas de segurança da prisão estavam presentes durante o ataque aéreo, realizado à noite.

A coligação liderada por sauditas tem combatido o movimento armado dos houthis no Iêmen desde março de 2015 para tentar restabelecer o presidente Abd-Rabbu Mansour Hadi, reconhecido internacionalmente e que foi forçado ao exílio pelo grupo aliado do Irã no fim de 2014.

Uma testemunha da Reuters no complexo de segurança disse que todo o prédio foi destruído e que médicos removeram cerca de 17 corpos, muitos dos quais com membros perdidos, enquanto outros permaneceram presos por baixo dos destroços.

Um dos ataques alvejou directamente o prédio, acrescentou a testemunha, derrubando-o sobre as cabeças dos prisioneiros, enquanto outros dois atingiram o portão do complexo e prédios próximos da administração.

Um porta-voz da coligação liderada pelos sauditas não respondeu imediatamente um pedido da Reuters por comentários.

O ataque aéreo foi um dos mais mortais entre os milhares de bombardeamentos que têm falhado amplamente em desalojar os Houthis da capital Sanaa, mas já atingiram repetidamente escolas, mercados, hospitais e casas, levando à morte de muitos civis.

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!