Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ataque do Al Shabab deixa pelo menos 13 mortos na Somália

Pelo menos 13 pessoas morreram e outras 23 ficaram feridas na noite desta terça-feira num ataque da milícia islamita Al Shabab na cidade de Tooswine, na província de Bay, no sul da Somália.

Após o ataque, moradores da cidade confrontaram os militantes do Al Shabab, que atearam fogo às casas, segundo o governador da região, Abdi Adan Hosow. O governo somali vai enviar tropas para o local do ataque para proteger os civis.

O Al Shabab, que anunciou em fevereiro de 2012 sua união formal à Al Qaeda, luta para instaurar um Estado islâmico de corte wahhabista na Somália. O grupo, que controla grandes áreas nas regiões central e sul da Somália, combate desde 2006 o governo de transição somali e as tropas da União Africana que o apoiam, além de cometer constantes ataques contra deputados, dirigentes governamentais, militares, policiais e civis.

A Somália vive em um estado de guerra civil e caos desde 1991 – quando o ditador Mohammed Siad Barre foi derrubado – o que deixou o país sem um governo efetivo e nas mãos de milícias islâmicas, senhores da guerra tribais e grupos de criminosos armados.

O Al Shabab ficou bastante conhecido internacionalmente em Setembro do ano passado, quando reivindicou a autoria do atentado ao centro comercial Westgate de Nairóbi, a capital do Quénia, que causou pelo menos 67 mortes.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!