Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ataque a campo de gás deixa 3 mortos no Iraque

Pistoleiros atacaram, Segunda-feira (1), as instalações de uma empresa que actua no gigantesco campo de gás de Akkas, no oeste do Iraque, matando três trabalhadores locais e sequestrando outros dois, segundo fontes do governo local.

O campo de Akkas, que fica perto da fronteira com a Síria e é operado pela empresa Korea Gas Company (Kogas), ainda não está a produzir. O novo ataque é mais um sinal da crescente actividade insurgente na região, e de que a guerra civil síria está a transbordar para o Iraque.

“Um grupo de pistoleiros em veículos atacou a sede de uma empresa local contratada pela Kogas para fazer o trabalho no terreno”, disse o prefeito da localidade de Al Qaim, Farhan Ftaikhan.

“Eles mataram um engenheiro e dois operários, e sequestraram outros dois. Antes de partirem, incendiaram veículos e escritórios.”

Nenhum grupo reivindicou a autoria do ataque, ocorrido no fim da noite, mas as autoridades dizem que o grupo Estado Islâmico do Iraque, uma filial da Al Qaeda, está a recuperar o terreno nas montanhas, grutas e aldeias ao longo da fronteira com a Síria.

A Al Qaeda iraquiana tem ligações com combatentes sunitas que lutam contra o governo sírio.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!