Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Associação de Luta Contra Cancro já tem instalações próprias em Maputo

A Associação de Luta Contra o Cancro (ALCC) acaba de inaugurar a sua nova sede em Maputo, na qual vai imprimir maior dinâmica no desenvolvimento das suas actividades, visando a redução do índice de mortalidade devido ao cancro, assim como a promoção do rastreio, tratamento e cura das patologias.

Desde a sua fundação, em 2001, aquela associação, cujo objectivo é aliviar o sofrimento dos que padecem de cancro e contribuir para a melhoria da sua qualidade de vida, funcionava sem instalações próprias, o que gerava constrangimentos na sua actuação, segundo um comunicado enviado ao @Verdade.

Momentos depois da inauguração da nova sede, adstrita aos Serviços de Oncologia do Hospital Central de Maputo (HCM), a presidente da ALCC, Patrícia da Silva, disse que o novo edifício é “uma grande conquista porque passaremos a ter o material de apoio aos doentes nestas instalações e oferecer a possibilidades de formação às pessoas, bem como convidar os membros e voluntários para virem trabalhar connosco”.

“Anteriormente era muito difícil, pois, tínhamos tudo espalhado por diversas casas e andávamos com os materiais para trás e para diante, ora nos nossos locais de trabalho, ora nos carros. Os papéis e arquivos corriam o risco de se perderem”, frisou Patrícia da Silva.

Na ocasião, realçou que “em Moçambique, talvez estivéssemos preocupados com as grandes epidemias como o HIV/sida, malária, entre outras, mas efectivamente a situação do cancro também é grave, sobretudo quando a doença não é diagnosticada a tempo, o que torna o tratamento pouco eficaz”.

Em representação do Ministério da Saúde, António Mulhovo, director nacional de Assistência Médica, referiu que a nova sede da ALCC resulta do esforço e trabalho feito pela associação ao longo do tempo. “O nosso ministério desenvolve actividades conjuntas com a ALLCC e estas instalações vão contribuir para a melhorar a nossa colaboração na luta contra o cancro”, finalizou Mulhovo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!