Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Assassinados 44 camponeses na Nigéria

Homens armados supostos pertencer à Boko Haram mataram 44 pessoas na aldeia de Dumba, perto da cidade de Baga, onde confrontos entre membros da seita islamita e o Exército causaram, em abril último, pelo menos 185 mortos e o incêndio de mais de 2 mil casas, noticiou sábado a imprensa local.

A imprensa indica que 50 homens armados assaltaram a aldeia e atacaram os habitantes durante o sono, no quadro do último ataque de represálias contra autótones que apoiam o Exército na sua ação contra a seita.

Os assaltantes furaram os olhos de algumas vítimas, decapitaram outras e colocaram fogo nas suas casas, segundo a imprensa local.

A aldeia de Dumba situa-se na periferia de Baga, situada a 157 quilómetros de Maiduguri, capital do Estado de Borno (norte), epicentro da crise iniciada pela Boko Haram. A notícia deste ataque chegou tardiamente devido à distância do palco dos incidentes.

Socorristas foram mobilizados a partir de Maiduguri para ajudar as vítimas. O ataque ocorreu na sequência do anúncio pelo Exército nigeriano da morte do líder da seita Abubakar Shekau durante uma ofensiva militar, mas até agora nenhuma prova a confirma.

Desde 2009, a Boko Haram matou mais de 3 mil pessoas na sua campanha de terror para a instauração dum Estado islamita na Nigéria, um país laico cuja população estimada em 166 milhões de habitantes está dividida quase equitativamente entre cristãos e muçulmanos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!