Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Apuramento para Brasil-2014: Gert Engels e os seus 27 “eleitos”

O seleccionador nacional de Moçambique, Gert Engels, divulgou a lista dos pré-convocados para preparação dos jogos contra a Guiné Conacri e o Egipto, a contar para a fase de grupos de qualificação para o Campeonato Mundial de Futebol, Brasil-2014. Os confrontos terão lugar no dia 09 e 16 do mês em curso em Conacri e no Estádio Nacional do Zimpeto.

Os trabalhos com os 27 eleitos de Gert Engels arrancam nesta segunda-feira (03) no Estádio Nacional do Zimpeto de modo a permitir que, na quarta-feira (05), aquele treinador apresente e viaje com a lista final para Conacri, onde é esperado no próximo domingo (09) para o jogo referente à quarta jornada do grupo G diante da Guiné. Ou seja, ele terá dois dias para decidir quem de facto está em condições de representar condignamente a camisola com as cores nacionais dentro da sua filosofia de trabalho.

No que diz respeito à pré-convocatória, Gert Engels não fugiu à regra do rejuvenescimento da selecção nacional, chamando jogadores que despontam no futebol moçambicano e que têm demonstrado maturidade ao longo das dez jornadas até então disputadas do Moçambola, com destaque para os guarda-redes Gervásio do Costa do Sol e Germano do Ferroviário de Maputo, bem como do defesa Mabucho também da locomotiva da capital e Belito do Ferroviário de Nampula.

Ainda assim, o alemão não deixou de convocar atletas sem clubes e alguns que nesta temporada ainda não realizaram jogo nenhum, como são os casos de Reginaldo, avançado da Liga Muçulmana recentemente recuperado de um grave lesão e de Ricardo Campos, guarda-redes preterido pelo Boavista e que, em declarações ao jornal português Abola, confessou que só pensa em estar na selecção nacional para ser observado por clubes que se mostrem interessados por ele.

Aliás, diga-se, em abono da verdade, que no seu jogo de estreia com a camisola dos Mambas, o guardião foi o melhor jogador em campo, o que evidenciou a sua alta capacidade de defender as “malhas” do país.

Eis a pré-convocatória:

Guarda-redes: Germano (Ferroviário de Maputo), Gervásio (Costa do Sol) e Ricardo Campos (Boavista).

Defesas: Dito, João Mazive (Costa do Sol), Reinildo (Ferroviário da Beira), Chico, Mambucho (Ferroviário de Maputo), Mexer (Nacional da Madeira), Gabito (Maxaquene), Miro e Zainadine Júnior (Liga Muçulmana).

Médios: Alvarito, Manuelito II (Costa do Sol), Kito (Maxaquene), Momed Hagi (Liga Muçulmana), Dominguez (Sundowns), Diogo (Ferroviário de Maputo) e Jumisse (Vaslui).

Avançados: Reginaldo, Hélder Pelembe, Telinho, Sonito (Liga Muçulmana), Tony (Costa do Sol), Mário (Ferroviário da Beira), Belito (Ferroviário de Nampula) e Clésio (Benfica).

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!