Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Apuramento Mundial de 2018: Mambas ainda não chegaram ao Gabão para jogo da 2ª mão

Apuramento Mundial de 2018: Mambas ainda não chegaram ao Gabão para jogo da 2ª mão

Foto de Eliseu PatifeA selecção nacional de futebol de Moçambique ainda não chegou a Libreville onde neste sábado defronta a sua congénere do Gabão em partida da 2ª mão da 2ª eliminatória de apuramento à fase de grupos da zona africana de qualificação para o Mundial de 2018. A  Federação Moçambicana de Futebol(FMF) decidiu que os Mambas deviam viajar num voo fretado contudo a avião alugado não conseguiu permissão, atempadamente, para realizar o voo entre Maputo e a capital do Gabão. As Panteras Negras já estão no seu país, desde quinta-feira(12).

Os Mambas, que levam na bagagem uma vantagem de 1 a 0 conseguida no estádio nacional do Zimpeto na passada quarta-feira(11), deviam ter seguido viagem na quinta-feira(12) num voo fretado, supostamente para evitar o desgaste das ligações aéreas sempre complicadas no nosso continente.

Contudo, devido a “aspectos técnicos de aviação”, segundo o secretário-geral da FMF, Filipe Johane,  a selecção não partiu na quinta e nem nesta sexta-feira(13) conseguiu seguir viagem porque o avião alugado não conseguiu, atempadamente, permissão para realizar o voo entre Maputo e a capital do Gabão.

Até última informação a partida da selecção estava reagendada para a manhã deste sábado(14). A viagem tem uma duração prevista de 5 horas.

Não está claro que empresa está a alugar o avião nem como foi o processo da sua contratação mas o facto é que os Mambas já não conseguirão fazer nenhum treino de adaptação ao relvado onde no sábado jogam a partir das 18 horas locais, 19 horas de Moçambique.

Entretanto as Panteras Negras já estão no seu país, desde quinta-feira(12), e treinam para dar a volta a desvantagem e fazerem parte das 20 selecções que vão disputar, repartidas grupos, os cinco lugares reservados para o continente africano no Campeonato do Mundo de Futebol em 2018 na Rússia.

De quem é a responsabilidade por toda esta trapalhada, que ainda pode terminar numa falta de comparência?

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!