Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Aprovado Plano Quinquenal do Governo de Filipe Nyusi

O governo moçambicano aprovou nesta terça-feira(17), em Maputo, o seu Programa Quinquenal, um instrumento que estabelece cinco prioridades, com maior destaque à paz, unidade nacional e a consolidação da democracia, instrumentos fundamentais para garantir o seu sucesso.

A informação foi tornada pública pela vice-ministra da Economia e Finanças, Amélia Nakhare, em conferência de imprensa minutos após o término da IV sessão ordinária do Conselho de Ministros.

O Programa Quinquenal é o principal instrumento de gestão do governo para os próximos cinco anos e aparece como uma estratégia e visão da abordagem daquilo que são as prioridades do executivo.

“A particularidade do Programa Quinquenal do Governo para o período 2015/2019 é a sua abordagem holística integrada. Portanto, ele não apresenta uma abordagem sectorial, mas uma abordagem por programa integrado para garantir que, efectivamente, aquilo que são as prioridades estratégicas do governo sejam conferidas no que se define como objectivos estratégicos”, disse Nakhare.

A governante informou que este Programa é baseado e inspirado no manifesto eleitoral. Em termos de pilares estratégicos, destaca-se o desenvolvimento do capital humano.

Nesta área os sectores da saúde, educação, questão do género e o investimento na juventude aparecem como elementos fundamentais para garantir o sucesso da implementação do Programa.

Entendendo a gestão do emprego como um dos grandes desafios da actualidade, Nakhare informou que o mesmo aparece como prioridade do governo para os próximos cinco anos. Por isso, o governo deseja impulsionar a produtividade e garantir um maior investimento nos sectores estratégicos tais como a agricultura, pesca e turismo.

Tenciona ainda assegurar que os sectores tradicionais da economia ajudem a impulsionar a actividade económica e social nacional.

Outro aspecto fundamental para garantir o sucesso da implementação da agenda do governo é o investimento em infra-estruturas, que também aparece como uma das grandes prioridades, onde se destaca a construção de estradas e pontes para garantir um fluxo normal pessoas e bens e provisão de serviços.

“Por outro lado, é através do investimento em infra-estruturas de suporte à produção, como é o caso de energia, que vamos garantir que haja um maior desempenho da economia. Portanto, a expansão da energia para os novos distritos também constitui uma das grandes prioridades do governo neste quinquénio”, referiu a vice-ministra.

A gestão dos recursos naturais e do ambiente aparecem como prioridades do governo no âmbito da criação da riqueza e da consolidação do crescimento e desenvolvimento económico. Neste prisma, a vice-ministra reconheceu a necessidade de o governo garantir uma gestão sustentável dos recursos.

Explicou que a gestão dos recursos de que o país dispõe é um elemento fundamental para garantir que todos os moçambicanos, incluindo as gerações vindouras, tenham acesso aos investimentos que estão sendo realizados hoje.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!