Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Apple vende primeiros iPads e provoca alvoroço entre fãs

Os consumidores finalmente já podem adquirir o iPad, último produto da Apple, que foi colocado à venda às 9h deste sábado na costa leste dos Estados Unidos, causando alvorço em 500 clientes que aguardavam o lançamento diante da Apple Store na 5ª Avenida, em Nova York.

Depois de uma contagem regressiva parecida com a do reveillon, a loja abriu as portas aos clientes, que aplaudiram o momento, observados por muitos jornalistas. Adi Thomas, 38 anos, viajou da Austrália para presenciar o evento. “É fino, lindo. Eu quero levar para casa e brincar com ele”, declarou. Muitos fãs de tecnologia acamparam do lado de fora da loja, alguns por mais de 24 horas, mesmo estando previamente inscritos na Internet para receber o computador. Todos queriam ser os primeiros a adquirir o produto. “Estamos aqui desde as 5h”, contou na sexta-feira Giovanna Mullen, 11 anos, natural de Nova Jersey com a mãe, Jeanniey Mullen, e a avó, Tony Digiorno, que acamparam no local.

As três mulheres queriam comprar três iPad. “Um para mim, um para minha filha e, como não tenho direito para comprar mais de dois, minha mãe comprará o terceiro”, explicou Jeanniey Mullen, que trabalha no ramo de edições eletrônicas e diz estar “profissionalmente muito interessada neste novo produto”. “Minha empresa sabia que eu vinha, então, meu chefe me pediu para que eu comprasse um para ele”, completou. Quem não tinha reservado o tablet só poderia adquiri-lo a partir das 15h deste sábado.

Contudo, o lançamento do iPhone em 2007 gerou mais fervor, com fãs acampando por mais de cinco dias em Nova York para aquirir o aparelho. O tablet eletrônico é vendido nas lojas da Apple (Apple Stores) e na Best Buy, especializadas em produtos eletrônicos, com preços entre 499 e 829 dólares. Os aparelhos que foram comprados pela internet também devem ser entregues neste sábado.

Num primeiro momento, os consumidores apenas poderão adquirir a versão do iPad que possui um receptor de Internet Wi-Fi, até que chegue ao mercado a versão com tecnologia 3G, que conta com uma conexão direta à Internet. As duas versões chegarão no final de abril a outros países: França, Canadá, Grã Bretanha, Alemanha, Itália, Espanha, Suíça, Japão e Austrália.

Os analistas financeiros da companhia Bernstein estimaram recentemente que a Apple deverá vender de 300 mil a 400 mil unidades no primeiro fim de semana e até 2,2 milhões até o final de setembro. O computador com tela sensível ao toque de 24,6 cm (na diagonal) permite assistir vídeos, escutar música, jogar, escrever e-mails e ler livros eletrônicos (e-books). Também permite acesso a quase 140 mil aplicativos da loja da Apple criadas para o iPhone. A Amazon.com anunciou na sexta-feira ter lançado um programa para permitir aos usuários do iPad ler 450 mil livros em formato digital do catálogo de seu leitor de livros eletrônicos Kindle.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!