Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Após golpe de Estado exército reforça controle na Tailândia

O Exército tailandês reforçou seu controle neste domingo ao atuar para reprimir os crescentes protestos, dizendo que qualquer um que violar suas ordens será julgado pela corte militar.

O Exército derrubou o governo na quinta-feira após meses de degradante e algumas vezes violento confronto entre o governo populista da primeira-ministra Yingluck Shinawatra e a instituição monarquista.

Críticos dizem que o golpe não vai encerrar o conflito entre as redes rivais de poder: a elite baseada em Bangcoc e dominada pelo exército, famílias endinheiradas e a burocracia, e um grupo iniciante liderado pelo irmão de Yingluck e o ex-magnata das telecomunicações Thaksin Shinawatra. Os Shinawatra tiraram muito da sua influência das províncias.

O Exército deteve muitas pessoas, incluindo Yingluck e muitos dos seus ministros, autoridades do partidos e apoiadores. Líderes dos seis meses de protestos antigoverno também foram presos. O Exército informou que eles serão libertados em uma semana.

O Exército jogou fora a Constituição, censurou a mídia e rejeitou o Senado, última legislatura em funcionamento na Tailândia. Neste domingo, informou que qualquer um acusado de insultar a monarquia ou violar suas ordens enfrentará corte militar.

O poder agora está nas mãos do chefe do Exército General Prayuth Chan-ocha e sua junta conhecida como Conselho Nacional para Paz e Ordem, e suas prioridades parecem ser erradicar a dissidência e cuidar da economia.

Um porta-voz da instituição advertiu contra os protestos e disse para a mídia tomar cuidado com suas reportagens. “Para aqueles que usam mídias sociais para provocar, por favor pare pois não é bom para ninguém”, disse o porta-voz adjunto do exército, Winthai Suvaree, em comunicado televisionado.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!