Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Sismos fortes atingiram Sumatra, cancelado alerta de tsunami

Sismos fortes atingiram Sumatra

Um terremoto de magnitude 8,2 e réplicas de intensidade superior a 8,0 atingiram a costa da Indonésia nesta quarta-feira, obrigando moradores até na Índia a fugir de edifícios e despertando temores de um enorme tsunami como o de 2004. O presidente indonésio, Susilo Bambang Yudhoyono, disse que não há relato imediato de danos ou vítimas em Aceh, a província mais próxima do tremor. Mas uma réplica quase da mesma magnitude, menos profunda que o tremor original, aconteceu logo após a declaração dele.

O terremoto aconteceu às 12h43 (hora de Maputo), e o Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico disse logo em seguida que todo o oceano Índico estava em estado de observação. Mais tarde, a agência disse que o risco de tsunami diminuíra, mas que o alerta continuava em vigor. Cerca das 15h05 (hora de Maputo) o alerta de tsunami foi cancelado.

O tremor inicial ocorreu 500 quilômetros a sudoeste da cidade de Banda Aceh, na parte norte da ilha indonésia de Sumatra, a uma profundidade de 33 quilômetros, segundo dados do centro geológico dos Estados Unidos.

A agência de desastres da Indonésia afirmou que a eletricidade foi cortada na província de Aceh e que as pessoas estavam se reunindo em terrenos elevados em meio a sirenes de alerta de perigo. “A eletricidade foi cortada, há engarrafamentos para acesso a terrenos elevados. Sirenes estão a tocar em todos os lugares”, disse um porta-voz da agência.

Yudhoyono, falando após o primeiro terremoto, disse não haver sinais de desastre. “Não há ameaça de tsunami apesar de estarmos em alerta”, disse ele em entrevista coletiva ao lado do primeiro-ministro britânico, David Cameron, que visita a Indonésia.

“A situação em Aceh está sob controle, há um pouco de pânico, mas as pessoas podem ir para lugares altos”, disse Yudhoyono. Ele disse que havia despachado uma equipe de reação a desastres para Aceh, região devastada pelo terremoto de 2004, que teve magnitude 9,1 e provocou gigantescas ondas que atingiram Sumatra, onde causaram a morte de 170 mil pessoas, e outros pontos de todo o oceano Índico.

Ao todo, o tsunami de 2004 matou 230 mil pessoas em 13 países banhados pelo Índico, incluindo Tailândia, Sri Lanka e Índia.

DESLOCAMENTO HORIZONTAL

O terremoto inicial desta quarta-feira foi sentido até em Bangcoc, capital da Tailândia, e no sul da Índia, segundo moradores. Em Bangalore, na Índia, centenas de trabalhadores saíram correndo de seus escritórios, e o porto de Chennai, também na Índia, foi fechado devido ao risco de tsunami.

Um especialista disse à BBC que o terremoto de quarta-feira foi numa “falha horizontal”, o que significa que o deslocamento de terreno sob o mar aconteceu no sentido horizontal, em vez de provocar um brusco movimento vertical, que teria mais chances de causar um grande deslocamento de água e, consequentemente, um tsunami.

O terremoto também foi sentido no Sri Lanka, onde funcionários fugiram de escritórios na capital, Colombo, e na tailandesa Phuket – dois lugares duramente atingidos pelo tsunami de 2004.

No Bangladesh, onde dois tremores foram sentidos, as autoridades disseram não haver risco aparente de tsunami. A Austrália também descartou essa ameaça.

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!