Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Agentes de segurança privada detidos por roubo de dois milhões de meticais

Quatro trabalhadores da empresa de segurança privada G4S, que respondem pelos nomes de Custódio, Daniel, Eusébio e Nelito, de 25 e 45 anos de idade, respectivamente, estão detidos na 5ª esquadra da Polícia da República de Moçambique (PRM), desde a semana de 31 de Maio último a 06 de Junho em curso, em Maputo, acusados de roubo de um cofre contendo 2.531.065.35 meticais, uma viatura e um computador pertencentes a uma firma para a qual o seu patronato presta serviços.

Pedro Cossa, porta-voz do Comando-Geral da PRM, não forneceu detalhes sobre este caso mas assegurou que no dia em que os bens desapareceram os visados encontravam-se a guarnecer a instituição.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!